Papa Inocêncio XI

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Beato Inocêncio XI
240º papa
Brasão pontifical de Beato Inocêncio XI
Nome de nascimento Benedetto Odescalchi
Nascimento Como, Itália,
19 de Maio de 1611
Eleição 21 de Setembro de 1676
Fim do pontificado 12 de Agosto de 1689 (78 anos)
Antecessor Clemente X
Sucessor Alexandre VIII
Listas dos papas: cronológica · alfabética

O Papa Inocêncio XI, nascido Benedetto Giulio Odescalchi (Como, 19 de Maio de 1611Roma, 12 de Agosto de 1689) foi eleito no dia 21 de Setembro de 1676. Filho de Livio Odescalchi e Paola Castelli, de famílias de comerciantes abastados de Bérgamo. Estudou em Roma e Nápoles, doutorando-se nesta última em Direito Civil e Canónico.

Trabalhou com os papas Urbano VII e Inocêncio X em diversos cargos da Curia romana. Este último nomeou-o cardeal em 1645 e Legado do Papa na cidade de Ferrara onde grassou uma grande fome, destacando-se o futuro papa Inocêncio XI na ajuda aos mais desfavorecidos e ganhando o cognome de «pai dos pobres». Em 1650 foi ordenado bispo de Novara, onde colocou a sua diocese ao serviço dos doentes e dos mais pobres. Renunciou à sua diocese em 1656, regressando ao serviço da curia romana.

Eleito em 1676, depois de ter sido vetado pelo rei francês Luis XIV na eleição de 1670, mas tendo de ceder desta vez, atendendo à sua forte popularidade entre o povo romano e junto de toda a Igreja. Assim que eleito, de imediato decretou uma severa redução de gastos inúteis na curia romana, passando a viver de forma bastante simples e apelando aos demais cardeais para seguirem o seu exemplo.

Assumiu um caracter profundamente reformador, fosse sobre as finanças, estilo de vida, ou mesmo pastoral. Em 1679 condenou 65 proposições, retiradas dos escritos de Escobar, Francisco Suárez, e outros no género, considerando-as como "propositiones laxorum moralistarum" e proibiu o seu ensino a quem quer que fosse, sob pena de excomunhão.

Relações com a França de Luís XIV[editar | editar código-fonte]

O Rei Luís XIV, tentando entrar de boas relações com o papa, revogou o Édito de Nantes, que garantia a liberdade religiosa, tanto a católicos como a protestantes e passou a perseguir estes últimos. Mas o papa não apreciou tal gesto, manifestando seu desgosto pela violência e perseguição.

Óleo de Inocêncio XI

Inocêncio XI decretou que em Roma os diplomatas não poderiam mais gozar do privilégio de conceder direito de asilo a criminosos. Tendo o papa notificado o embaixador francês de que não seria mais reconhecido como representante da França a menos que renunciasse a tal direito, este, não aceitando, com o recurso à força armada de 800 homens, tomou o seu palácio á força. Desde então o papa excomungou-o e decretou a proibição da Igreja de S. Luís dos Franceses, na capital romana.

Em 1688, vagando o bispado de Colónia, cargo relevante por o seu titular ser eleitor para a designação do Imperador, dois prelados eram candidatos, um alemão e um francês, nenhum conseguindo a maioria, e recaindo a escolha final no Papa. Este optou pelo alemão, aliás de acordo com a vontade dos príncipes e bispos alemães, bem como de toda a restante Europa, à excepção de França que pretendia adquirir maior influência no Império. Luís XIV retaliou, ocupando o território papa de Avinhão e ameaçando de separar a Igreja de França da Igreja universal. O papa contudo não cedeu e após a sua morte, o conflito foi resolvido em favor de Roma.

Outros conflitos[editar | editar código-fonte]

Monumento a Inocêncio XI na Basílica de São Pedro

Reinava então em Inglaterra Jaime II, católico, mas obrigado pelas leis do seu país a respeitar a liberdade religiosa e sobretudo a Igreja Anglicana como religião oficial. No entanto, Jaime II tentou por todos os meios, incluindo a calúnia e a violência voltar a tornar o catolicismo como religião oficial, tentando suprimir as liberdades do parlamento e tornar-se rei absoluto à moda francesa da altura. O Papa nunca apoiou tais esforços, que condenava e veio a apoiar o derrube daquele rei pela sua filha, protestante, Maria II de Inglaterra e seu marido Guilherme III, príncipe de Orange, no que ficou conhecido como Gloriosa Revolução.

Em 1683 o exército turco cercava Viena e o Papa mobilizou os príncipes alemães e o rei polaco para socorrem aquele cidade, bem como mais tarde auxiliarem a libertação da ocupação turca da Hungria.

Inocêncio XI foi beatificado por Papa Pio XII, a 7 de Outubro de 1956. Seu dia festivo é 12 de agosto.


Precedido por
Clemente X
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

240.º
Sucedido por
Alexandre VIII


Commons
O Commons possui multimídias sobre Papa Inocêncio XI
Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.