Papa Teodoro I

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Teodoro I
73º papa
Nascimento Jerusalém, Palestina,
610
Eleição 24 de Novembro de 642
Fim do pontificado 14 de Maio de 649 (39 anos)
Antecessor João IV
Sucessor Martinho I
Listas dos papas: cronológica · alfabética

O Papa Teodoro I foi eleito em 24 de Novembro de 642 e morreu em 14 de Maio de 649.

Nascido em Jerusalém, era de origem grega. Era filho de um bispo também chamado Teodoro.[1]

Agregou ao nome de "Pontífice" o título de "Soberano" e reorganizou a jurisdição interna do clero. Durante os seus sete anos de governo, combateu os hereges monotelitas, tendo assinado a condenação de dois patriarcas de Constantinopla (Paulo II e Pirro I) e reprovado a Ectese de Heráclio. Soube se cercar de homens eminentes e muito cultos. Teve desavenças com o imperador e no meio dessas controvérsias, há suspeitas de que tenha sido envenenado. Conseguiu converter muitos gregos impenitentes que negavam a natureza divina de Jesus, dizendo que Jesus era o filho adotivo de Deus, não sendo por isso digno de culto.

Está sepultado na Basílica de S. Pedro.[2]

Referências


Precedido por
João IV
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

73.º
Sucedido por
Martinho I


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.