Papa Estêvão IX

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Estêvão IX, O.S.B.
154º papa
Nome de nascimento Frederico de Lorena
Nascimento Lorena, França,
1000
Eleição 3 de Agosto de 1057
Fim do pontificado 29 de Março de 1058 (58 anos)
Antecessor Vítor II
Sucessor Nicolau II
Listas dos papas: cronológica · alfabética

Papa Estêvão IX (Frederico de Lorena) foi um monge beneditino, eleito pontífice no dia 2 de Agosto de 1057 e faleceu no dia 29 de Março de 1058.

O futuro papa Estêvão IX era filho do duque Godofredo III da Baixa Lorena. Tornou-se bibliotecário da Santa Sé ao ser nomeado pelo seu primo, o Papa Leão IX, cerca de 1051. Acompanhou Leão IX nas suas viagens apostólicas pela Europa e fez parte da embaixada enviada em 1054 a Constantinopla, que acabou com a separação das Igrejas oriental e ocidental. No seu regresso, foi obrigado a tornar-se monge em Monte Cassino para escapar ao imperador Henrique III (o seu irmão rebelara-se contra o imperador). O Papa Vitor II fez dele abade e cardeal-presbítero. Acabou por suceder a este papa sendo consagrado a 3 de Agosto de 1057. Como papa continuou a reforma iniciada por Leão IX. Promoveu a cardeais dois activos membros dessa reforma, Pedro Damião e o monge Humberto, que participara com ele na viagem a Constantinopla. Quanto a Hildebrando (futuro Papa Gregório VII), enviou-o primeiro a Milão, para moralizar o clero local e depois à Alemanha, para induzir a regente, a imperatriz-mãe Agnes, a aceitar a sua eleição, da qual não tinha participado. Tinha combinado com Hildebrando a ida deste a França, começado negociações com a Igreja grega e tentava deter a invasão dos normandos, quando adoeceu gravemente. Antes de morrer, pediu aos cardeais que não elegessem o seu sucessor antes do retorno de Hildebrando. Foi sepultado na igreja de Santa Reparata em Florença.[1]


Referências


Precedido por
Vítor II
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

154.º
Sucedido por
Nicolau II


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.