Papa Leão XII

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Leão XII
252º papa
Brasão pontifical de Leão XII
Nome de nascimento Annibale Sermattei della Genga
Nascimento Fabriano, Itália,
22 de Agosto de 1760
Eleição 28 de Setembro de 1823
Fim do pontificado 10 de Fevereiro de 1829 (68 anos)
Antecessor Pio VII
Sucessor Pio VIII
Listas dos papas: cronológica · alfabética

Leão XII, nascido Annibale Francesco Clemente Melchiore Girolamo Nicola della Genga (Genga, perto de Ancona, 22 de Agosto de 1760Roma, 10 de Fevereiro de 1829). Foi Papa de 28 de setembro de 1823 ate a data da sua morte.

Nascido numa família da nobreza que já tinha vários Papas, era fiho do conde Fábio della Genga e da condessa Maria Luisa Periberti di Fabriano. (Conde della Genga) Estudou na academia de nobres eclesiásticos. Em 1783 foi ordenado sacerdote. O Papa Pio VII fá-lo, pouco depois, seu secretário particular. Em 1793, foi nomeado arcebispo de Tiro, cidade no Líbano e é enviado como núncio apostólico a Lucerna. A sua carreira diplomática dura até 1798. Chocado pelo comportamento de Napoleão Bonaparte, retira-se para uma abadia.

Em 1814, à revelia do imperador, foi enviado para entregar, em nome do Papa, felicitações a Luís XVIII de França. Em 1816, é elevado a Cardeal e quatro anos depois nomeado vigário de Roma. Quando Pio VII morre, foi eleito seu sucessor (28 de Julho de 1823) pela tendência conservadora.

Na sua política externa procedeu às negociações de diversas concordatas, vantajosas para o papado. De personalidade frugal, reduziu os impostos, tornou a justiça menos onerosa, e obteve financiamento para melhoramentos públicos; no entanto, deixou as finanças em pior estado do que encontrara. Na política doméstica foi bastante severo. Condenou as sociadades bíblicas, e sob influência dos jesuítas reorganizou o sistema educacional. Era fortemente opositor da Carbonária e da Maçonaria.

Brasão[editar | editar código-fonte]

  • Descrição: Escudo eclesiástico. Em campo de blau uma águia de asas abaixadas e coroada de, tudo de jalde - Armas dos Condes della Genga. O escudo está assente em tarja branca. O conjunto pousado sobre duas chaves decussadas, a primeira de jalde e a segunda de argente, atadas por um cordão de goles, com seus pingentes. Timbre: a tiara papal de argente com três coroas de jalde. Quando são postos suportes, estes são dois anjos de carnação, sustentando cada um, na mão livre, uma cruz trevolada tripla, de jalde.
  • Interpretação: O escudo obedece às regras heráldicas para os eclesiásticos. Nele estão representadas as armas familiares do pontífice. O campo de blau (azul) ) representa o firmamento celeste e ainda o manto de Nossa Senhora, sendo que este esmalte significa: justiça, serenidade, fortaleza, boa fama e nobreza. A Águia é símbolo de poder, generosidade e liberdade, sendo sua coroa símbolo de nobreza hereditária, e o metal jalde (ouro), tanto da águia quanto da coroa, simboliza: nobreza, autoridade, premência, generosidade, ardor e descortínio. Os elementos externos do brasão expressam a jurisdição suprema do papa. As duas chavesdecussadas, uma de jalde (ouro) e a outra de argente (prata) são símbolos do poder espiritual e do poder temporal. E são uma referência do poder máximo do Sucessor de Pedro , relatado no Evangelho de São Mateus, que narra que Nosso Senhor Jesus Cristo disse a Pedro: "Dar-te-ei as chaves do reino dos céus, e tudo o que ligares na terra será ligado no céu, e tudo o que desligares na terra, será desligado no céu" (Mt 16, 19). Por conseguinte, as chaves são o símbolo típico do poder dado por Cristo a São Pedro e aos seus sucessores. A tiara usada como timbre, recorda, por sua simbologia, os três poderes papais: de Ordem, Jurisdição e Magistério, e sua unidade na mesma pessoa.


Precedido por
Pio VII
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

252.º
Sucedido por
Pio VIII


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.