Papa Dionísio

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
São Dionísio redireciona para cá. Para outros santos de mesmo nome, veja São Dionísio (desambiguação).
Dionísio
25º papa
Nascimento Grécia
Eleição 22 de Julho de 259
Fim do pontificado 26 de dezembro de 268
Antecessor Sisto II
Sucessor Félix I
Listas dos papas: cronológica · alfabética

Papa Dionísio (? — 26 de dezembro de 268) foi o vigésimo quinto Papa, eleito no dia 22 de julho de 259 e permanecendo até sua morte, em 26 de dezembro de 268.

Ele provavelmente nasceu na Magna Grécia. Dionísio foi eleito papa em 259, um ano após o martírio do Papa Sisto II, em 258. A Santa Igreja teve dificuldades em eleger um sucessor para Sisto por causa das violentas perseguições que os cristãos sofriam. Quando as perseguições diminuíram, Dionísio foi eleito bispo de Roma. O imperador Valeriano foi capturado e morto pelo rei da Pérsia, em 260. O novo imperador, Galiano, emitiu um édito de tolerância, trazendo ao fim a perseguição aos cristãos e dando um status legal à Igreja. Para Dionísio, coube a tarefa de reorganizar a Igreja Romana, que havia caído em grande desordem. Sobre o protesto de alguns fiéis, em Alexandria, ele exigiu do bispo de Alexandria, também chamado Dionísio, explicações sobre a sua doutrina sobre a relação de Deus com o Logos.

Dionísio enviou grandes somas de dinheiro para as igrejas da região da Capadócia, que haviam sido devastadas, para reconstruir e resgatar os que estavam presos. Ele trouxe ordem à Igreja e procurou por paz, junto ao Imperador Galiano, que emitiu um édito de tolerância, que durou até 303.

Dionísio é o primeiro papa que não é listado como um mártir. Faleceu em 26 de Dezembro de 268 de morte natural. Está sepultado na Catacumba de São Calisto.


Precedido por
Sisto II
Emblem of the Papacy SE.svg
Papa

25.º
Sucedido por
Félix I


Ícone de esboço Este artigo sobre um papa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.


O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Papa Dionísio