Germano (gás)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Maio de 2011).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Germanium tetrahydride
Alerta sobre risco à saúde
Germane-2D-dimensions.png
Germane-3D-balls-A.png Germane-3D-vdW.png
Nome IUPAC Germano
Outros nomes Tetrahídrido de germano
Germanometano
Monogermano
Identificadores
Número CAS 7782-65-2
Número RTECS LY4900000
Propriedades
Fórmula molecular GeH4
Massa molar 76.62 g/mol¹
Aparência Gás incolor
Densidade 3,3 kg/m3 gas
Ponto de fusão

-165 °C (108 K)

Ponto de ebulição

-88 °C (195 K)

Solubilidade em água low
Estrutura
Forma molecular Tetraédrico
Momento dipolar O D
Riscos associados
MSDS ICSC 1244
Índice UE Não listado
Principais riscos
associados
Tóxico, flamável
NFPA 704
NFPA 704.svg
4
4
3
 
Compostos relacionados
Outros aniões/ânions Tetrafluoreto de germânio
Compostos de fórmula XH4, em que X é o grupo 14 (IVA) relacionados Metano (CH4)
Silano (SiH4)
Estanano(SnH4)
Plumbano (PbH4)
Compostos relacionados Hidreto de gálio (Ga2H6)
Arsina (AsH3)
Metilgermano
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Germano é um composto químico que possui a fórmula GeH4, e é o análogo de metano. É o composto hídrido de germânio mais simples, e um dos mais úteis. Como metano e silano, germano é tetrahédrico. É flamável, produzindo dióxido de germânio e água.

Ocorrência[editar | editar código-fonte]

Germânio foi detectado na atmosfera de Júpiter.[1]

Produção[editar | editar código-fonte]

Vários métodos existem para a manufatura industrial de germano.[2] Estes processos podem ser categorizados como método de redução química, método de redução eletroquímica, e método baseado em plasma.

O método da redução química envolve a reação de um composto contendo germânio, tal como germânio elementar, tetracloreto de germânio ou dióxido de germânio, com um agente redutor, tal como boroidreto de magnésio, boroidreto de lítio, hidreto de alumínio e lítio, alanato de sódio, hidreto de lítio, hidreto de sódio ou hidreto de magnésio. Esta reação pode ser realizada em água ou em um solvente orgânico.

Em escala de laboratório, germano pode ser preparado via a reação de compostos de Ge(IV) com reagentes de hidreto. Uma síntese tradicional envolve a reação de Na2GeO3 com borohidreto de sódio.[3]

Na2GeO3 + NaBH4 + H2O → GeH4 + 2 NaOH + NaBO2

O método de redução eletroquímica envolve a aplicação de eletricidade para um cátodo de germânio imerso em um eletrólito aquoso e um ánodo composto de um metal tal como molibdêmio ou cádmio. Neste método, germano e hidrogênio same do cátodo, enquanto que o ánodo reage para formar molibdêmio sólido ou óxidos de cádmio.

No método de síntese plasmático, um metal de germânio é bombardeado com átomos de hidrogênio gerados utilizando uma fonte de plasma de alta frequência, para produzir germano e digermano.

Referências

  1. Kunde, V.; Hanel, R.; Maguire, W.; Gautier, D.; Baluteau, J. P.; Marten, A.; Chedin, A.; Husson, N.; Scott, N.. (1982). "The tropospheric gas composition of Jupiter's north equatorial belt /NH3, PH3, CH3D, GeH4, H2O/ and the Jovian D/H isotopic ratio". Astrophysical J. 263: 443–467. DOI:10.1086/160516.
  2. US Patent 7,087,102 (2006)
  3. Girolami, G. S.; Rauchfuss, T. B. and Angelici, R. J., Synthesis and Technique in Inorganic Chemistry, University Science Books: Mill Valley, CA, 1999.