Giacomo Meyerbeer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Giacomo Meyerbeer

Giacomo Meyerbeer, nascido Jakob Liebmann Meyer Beer (Tasdorf, Rüdersdorf bei Berlin, 5 de setembro de 1791Paris, 2 de maio de 1864) foi um compositor e maestro alemão.

Jovem ainda, compôs inúmeras peças para piano e canto, o que levou seu pai a inscrevê-lo como aluno de Bernard Anselm Weber, diretor da Orquestra de Ópera de Berlim, para estudos de composição.

Tempos depois, viajou para Darmstadt e, na conhecida escola do padre Vogler, tornou-se amigo de Carl Maria Von Weber. Lá apresentou sua primeira obra mais conhecida, "Deus e a natureza", que lhe valeu alguns prêmios.

Sua primeira ópera, "A filha de Jefté", foi apresentada em Munique. Depois, partiu para a Italia, onde, inspirado pelo sucesso de Rossini, escreveu sua primeira ópera em italiano, "Romilda e Constanza", apresentada em Pádua.

Daí sobreveio uma série de trabalhos bem-sucedidos, como: Semiramides Reconosciuta, "Emma de Resburgo", "Margherita de Angiú", "Esule de Granada", Il crociato in Egitto. Em Paris, apresentou com muito sucesso "Roberto, o Diabo", "Os huguenotes" e "O profeta", cuja marcha da coroação faz sucesso até hoje.

Meyerbeer morreria sem ter assistido ao sucesso de sua última obra, "A africana".

Ícone de esboço Este artigo sobre um compositor é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.