Giga (dança)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Sonata nº 2, Allegro, de Georg Philipp Telemann

Giga (em francês: gigue) é uma dança barroca popular originada a partir da jig britânica. Foi importada para a França em meados do século VII[1] e geralmente aparece no fim duma suíte.

Geralmente possuem um contraponto. Seu andamento geralmente é 3/8, ou um de seus derivados, como 6/8, 6/4, 9/8 ou 12/16, ainda que existam gigas escritas noutros andamentos. Um exemplo é o 4/4 da primeira das Suítes Francesas (BWV 812), de Johann Sebastian Bach; George Frideric Handel e Georg Philipp Telemann também foram conhecidos por compor para tal dança.

Há duas variações conhecidas, a giga francesa, com andamento moderado ou rápido e frases irregulares, e a italiana, mais rápida e com frases regulares.[2]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

De origem francesa, o termo gigue era um instrumento de cordas do século XII, relacionado ao geige alemão.[2] Seu uso na execução de uma das danças acabou a nomeando.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Bellingham 2008
  2. a b Sadie 1994, p. 367

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Sadie, Stanley, Jorge Zahar Ed., Dicionário Grove de música: edição concisa, Rio de Janeiro: 1994. ISBN ISBN 85-7110-301-1
  • Jane Bellingham (6 de julho de 2008). gigue The Oxford Companion to Music Oxford Music Online.