Giovanni Pontano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Giovanni Pontano, nome latino: Joannes Jovianus Pontanus (Cerreto di Spoleto, Úmbria, 7 de Maio de 1426Nápoles, 17 de Setembro de 1503) foi um humanista e poeta italiano.

Fundou a Academia Napolitana]] (1471), escreveu numerosos tratados sobre filosofia moral e da natureza, canções de embalar e poesia pastoril em latim. Em 1485 foi coroado poeta pelo papa Inocêncio VIII.

Principais obras[editar | editar código-fonte]

  • Amorum libri (1455-58)
  • Charon (1467-91)
  • Urania (1476)
  • Asinus (1486-90)
  • Antonius (1487)
  • Meteororum libri (1490)
  • Hendecasyllabi seu Baiarum libri (1490-1500)
  • De principe (1493)
  • De liberalitate (1493)
  • Lepidina (1496)
  • Actius (1499)
  • Aegidium (1501)
  • De hortis Hesperidum (1501)
  • De fortuna (1501)

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Veja também[editar | editar código-fonte]

Anexo:Lista de humanistas do Renascimento