Glândula sudorípara apócrina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Searchtool.svg
Esta página ou secção foi marcada para revisão, devido a inconsistências e/ou dados de confiabilidade duvidosa (desde fevereiro de 2008). Se tem algum conhecimento sobre o tema, por favor, verifique e melhore a consistência e o rigor deste artigo. Considere utilizar {{revisão-sobre}} para associar este artigo com um WikiProjeto e colocar uma explicação mais detalhada na discussão.

São glândulas sudoríparas, assim como a glândula sudorípara écrina. Presentes nas axilas, zonas genitais, mamilos, e zonas da face masculina com barba. Ao nível da pele, situam-se na camada subcutânea, ou hipoderme, libertando o seu conteúdo no folículo capilar. O suór é mais viscoso quando comparado com a secreção das glândulas écrinas, uma vez que contém mais lípidos e proteínas. Entram em actividade na puberdade, e são estimuladas em momentos de stress e excitação sexual.