Glucosamina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Glucosamina
Alerta sobre risco à saúde
Alpha-D-glucosamine.svg Beta-D-glucosamine-3D-balls.png
D-Glucosamin.svg
Nome IUPAC (3R,4R,5S,6R)- 3-Amino-6- (hydroxymethyl)oxane-2,4,5-triol
Outros nomes 2-Amino-2-deoxy-D-glucose chitosamine
Identificadores
Número CAS 3416-24-8,
66-84-2 (hydrochloride)
PubChem 439213
MeSH Glucosamine
SMILES
Propriedades
Fórmula molecular C6H13NO5
Massa molar 179.17 g/mol
Ponto de fusão

150 °C, 423 K, 302 °F

Compostos relacionados
Amino-açúcares relacionados Galactosamina
Compostos relacionados Glucose (-NH2 trocado por -OH)
N-Acetilglicosamina
Quitosana (polímero)
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Glucosamina (C6H13NO5) é um aminossacarídeo e um importante precursor de síntese bioquímica de glicoproteínas e lípidos. A glucosamina faz parte da estrutura de alguns polissacáridos como a quitina e quitosano, que é parte estruturante do exoesqueleto dos crustáceos e outros artrópodes, a parede celular dos fungos e outros organismos superiores. A Glucosamina é um dos monossacarídeos, mais abundantes. É produzida comercialmente pela hidrólise do exo-esqueleto de alguns crustáceos, ou menos frequentemente pela fermentação de alguns grãos, como o milho ou a aveia.


Ícone de esboço Este artigo sobre Bioquímica é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.