Guillaume-François Rouelle

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Guillaume-François Rouelle

Guillaume François Rouelle (1703-1770) foi um químico e farmacêutico francês. Em 1754 ele introduziu o conceito de base em química, como uma substância a qual reage com um ácido dando uma forma sólida (como um sal).

Contribui para a definição mais precisa de sal do ponto de vista químico, até então um termo usado de forma indeterminada, como os compostos formados pela união de ácidos e bases, e consequentemente a distinção entre sais neutros, básicos e ácidos.

É conhecido como l'aîné (o velho) para distinguí-lo de seu irmão mais jovem, Hilaire Rouelle, que também foi um químico e inclusive seu assistente e conhecido como o descobridor da ureia.

Ele iniciou um curso público em seu laboratório em 1738 onde ele teve muitos estudantes entre os quais estiveram Denis Diderot, Antoine-Laurent de Lavoisier, Joseph Proust e Antoine-Augustin Parmentier.

Outros de seus interesses foram a publicação de artigos sobre estudava a inflamação de terebentina e outros óleos essenciais pelo ácido nítrico (iniciando o estudo das nitrações), e os métodos de embalsamamento praticados pelos egípcios.

Referências[editar | editar código-fonte]

  • Warolin, C. (1996). "[Did Lavoisier benefit from the teachings of the apothecary Guillaume-François Rouelle?]". Histoire des sciences médicales 30 (1): 30 pp.. PMID 11624829.
  • Warolin, C. (1995). "[Did Lavoisier benefit from the teachings of the apothecary Guillaume-François Rouelle?]". Revue d'histoire de la pharmacie 42 (307): 361-7 pp.. PMID 11624913.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]