Harmano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os harmanos são um grupo de alcalóides de origem vegetal.

Têm propriedades de inibição da monoamina oxidase e são antagonistas serotoninérgicos. São também ligeiramente alucinógenos e analgésicos, e são freqüentemente usados em bebidas rituais como o ayahuasca como potencializadores de outros psicotrópicos.

Os harmanos têm em comum um núcleo β-carbolínico[1] e se parecem com a triptamina.

A harmina, a harmalina, a tetraidroharmina e todos os outros harmanos são alcalóides indólicos extraídos de plantas como a harmala (Peganum harmala), o cipó-mariri (Banisteriopsis caapi) e a iboga (Tabernanthe iboga).[2]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

  1. Denis Richard, Dictionnaire des drogues, des toxicomanies et des dépendances, 1999
  2. the Lycaeum - Entheogenic Database & Community