Heinrich Biltz

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Heinrich Biltz
Química
Nacionalidade Alemanha Alemão
Residência  Alemanha
Nascimento 26 de maio de 1865
Local Berlim
Morte 29 de outubro de 1943 (78 anos)
Local Wrocław
Atividade
Campo(s) Química
Instituições Universidade de Greifswald, Universidade de Kiel, Universidade de Wrocław
Alma mater Universidade de Göttingen
Orientador(es) Viktor Meyer

Heinrich Biltz (Berlim, 26 de maio de 1865Wrocław, 29 de outubro de 1943) foi um químico alemão.

Vida e carreira[editar | editar código-fonte]

Filho de Karl Friedrich Biltz, após obter um diploma para ingresso em una universidade no "Königliches Wilhelm-Gymnasium" em Berlim em 1885, começou estudando química na Universidade Humboldt de Berlim, aluno de August Wilhelm von Hofmann, e depois na Universidade de Göttingen, aluno de Viktor Meyer.


Translation arrow.svg
Este artigo foi traduzido de uma versão noutra língua (versão original). Você pode continuar traduzindo ou colaborar em outras traduções.

Publicações selecionadas[editar | editar código-fonte]

  • Biltz, Heinrich: ‚"Experimentelle Einführung in die Unorganische Chemie". Veit & Comp, Leipzig, later Walter de Gruyter. - Berlin [u. a.] 1. Aufl. 1898, 20. Auflage 1938, later continued by Wilhelm Klemm u. Werner Fischer
  • Biltz, Heinrich: "Qualitative Analyse unorganischer Substanzen", 1. Auflage 1900, 13 und 14. Auflage 1936; Veit & Comp, Leipzig, later Walter de Gruyter
  • Biltz, Heinrich; Biltz, Wilhelm: "Übungsbeispiele aus der unorganischen Experimentalchemie", 1. Auflage 1907; 3.und 4. Auflage 1920; Engelmann, Leipzig
  • Heinrich Biltz works in Wiley Interscience:[1]
  • Biltz, Heinrich works in Library of Congress:,,,,,,[2] [3] [4] [5] [6] [7] [8] [9] [10] [11] ,,.[12] [13] [14] [15]
  • Publications of and about Heinrich Biltz in the catalogue of the German National Library:[16]

Referências

  • Archive documents Hans-Thorald Michaelis, (Nephew)
  • Hans-Thorald Michaelis:‚ "Die Gebrüder Heinrich und Wilhelm Biltz und ihre Vorfahren". ("The brothers Heinrich and Wilhelm Biltz and their ancestors"); Mitteldeutsche Familienkunde Band 6, 21. Jhrg. (1980), Heft 3, S. 231-303
  • Walter Hückel: "Heinrich Biltz in memoriam", in the journal Chemische Berichte, 82. Jhrg. (1949), Nr. 6, S. 67-88
Ícone de esboço Este artigo sobre um(a) químico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.