Homenagem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Homenagem à Tamandaré.

Homenagem é uma palavra que define retribuição de honra, agradecimento, tornar público com um acto de gratidão algum favor que fora prestado a alguém.

O ato de homenagear é antigo, desde os primórdios, as civilizações tribais pré-históricas, homenageavam com rituais seus guerreiros e os seus Deuses.

A homenagem pode ser com uma menção honrosa, com um prémio de reconhecimento ou simplesmente como reconhecimento pessoal.

Homenagem feudal[editar | editar código-fonte]

Eduardo III da Inglaterra prestando homenagem a Filipe IV da França em 1329.

De maneira simples, jurar fidelidade ou prestar homenagem exclusivamente para um indivíduo reconhecidamente superior poderia fortalecer uma sociedade em linhas hierárquicas bem definidas. Porém, num sentido social fraturante, autores como Bloch[1] também assinalam nos efeitos de "prestar homenagem a diversos lordes simultaneamente o verdadeiro flagelo da vassalagem".

Significava a submissão daquele que prestava ao que recebia a homenagem, num laço de vassalagem:

Eis dois homens frente a frente: um que quer servir; o outro, que aceita ou deseja ser chefe. O primeiro une as mãos e assim juntas coloca-as nas mãos do segundo [...] ao mesmo tempo a personagem que oferece as mãos pronuncia algumas palavras, muito breves, pelas quais se reconhece o homem de quem está na sua frente. Depois, chefe e subordinado beijam-se na boca: símbolo de acordo e de amizade. Eram estes os gestos que serviam para estabelecer um dos vínculos mais fortes que a época feudal conheceu. Marc Bloch"[1]

Referências

  1. a b Bloch, Marc. Feudal society. 2 ed. [S.l.]: Routledge, 1989. 324 pp. p. 217. vol. 1. ISBN 9780415039161 Página visitada em 010-10-08.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.