Homosserina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
L-Homoserine
Alerta sobre risco à saúde
L-Homoserin.svg
L-Homoserine-zwitterion-3D-balls.png
Nome IUPAC (S)-2-Amino-4-hydroxybutanoic acid
Identificadores
Número CAS 672-15-1
PubChem 779
ChemSpider 758
ChEBI 30653
SMILES
InChI InChI=1/C4H9NO3/c5-3(1-2-6)4(7)8/h3,6H,1-2,5H2,(H,7,8)
Propriedades
Fórmula molecular C4H9NO3
Massa molar 119.12 g/mol
Ponto de fusão

decompõe-se a 203 °C[1]

Solubilidade em água levemente solúvel[2]
Compostos relacionados
Aminoácidos relacionados Serina (ácido 2-amino-3-hidroxipropanoico)
Ácido alfa-aminobutírico
Treonina (isômero, ácido 2-amino-3-hidroxibutanoico)
Ácido gama-amino-beta-hidroxibutírico (isômero, GABOB)
Homocisteína (ácido 2-amino-4-mercaptobutírico)
Ácido aspártico (ácido 2-amino-butanodioico)
Excepto onde denotado, os dados referem-se a
materiais sob condições PTN

Referências e avisos gerais sobre esta caixa.
Alerta sobre risco à saúde.

Homosserina (também chamada isotreonina) é um α-aminoácido com a fórmula química HO2CCH(NH2)CH2CH2OH. L-Homosserina não é dos aminoácidos comuns codificados pelo DNA. Difere do aminácidos proteinogênico serina pela inserção de um grupo metileno adicional.[Nota 1] Homoserina, ou sua forma lactona, é o produto de uma clivagem por brometo de cianogênio de um peptídeo por degradação de metionina.


Homoserina é um intermediário na biossíntese de três aminoácidos essenciais: metionina, treonina (um isômero da homoserina), e isoleucina.

Forma-se por duas reduções de ácido aspártico via a intermediação de semialdeído aspartato.[3]

Notas e referências

Notas

  1. O prefixo homo- indica que o composto é o homólogo seguinte em uma série de compostos.

Referências

  1. Base de dados Homosserina por AlfaAesar, consultado em 15 de dezembro de 2010 .
  2. Catálogo da Merck Homosserina acessado em 15 de janeiro de 2008
  3. Berg, J. M.; Stryer, L. et al. (2002), Biochemistry. W.H. Freeman. ISBN 0-7167-4684-0