Ildefonso de Toledo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Santo Ildefonso de Toledo
Santo Ildefonso.
1610-14. Por El Greco, atualmente no Escorial, em Madrid.
Arcebispo de Toledo
Morte 23 de janeiro de 667 em Toledo, Reino Visigótico
Veneração por Igreja Católica; Igreja Ortodoxa
Festa litúrgica 23 de janeiro
Gloriole.svg Portal dos Santos

Ildefonso de Toledo (em latim: Hildefonsus Toletanus) foi arcebispo de Toledo entre 657 e 667. É considerado santo pela Igreja Católica.

Julga-se que descendesse da família real visigótica. Fez uso dos seus bens para edificar um mosteiro feminino, e mais tarde fez-se, ele mesmo, monge, antes de se tornar arcebispo de Toledo, posição que serviu durante dez anos, sob o reinado de Recesvinto.

O seu nome deriva do gótico Hildefuns, donde derivou mais tarde também o nome Afonso.

Escreveu contra os hereges, defendendo a doutrina da Imaculada Conceição, que doze séculos mais tarde se converteria em dogma oficial do Catolicismo.

Na cidade do Porto, Portugal, é-lhe dedicada a Igreja de Santo Ildefonso.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Santo Eugénio (III)
Arcebispo de Toledo
657667
Sucedido por
Quirico

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ildefonso de Toledo
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um santo, um beato ou um religioso é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.