Ilha de Baffin

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ilha de Baffin
Shugliaq
Ilha de Baffin está localizado em: Nunavut
Ilha de Baffin
69° N 72° O
Map indicating Baffin Island, Nunavut, Canada.png
Localização da ilha de Baffin, no território de Nunavut, no Canadá
Geografia física
Arquipélago Arquipélago Ártico Canadiano
Ponto culminante 2 146 m (Monte Blanche)
Área 507 451  km²
Geografia humana
População 10 745 (2006)
Densidade 0  hab./km²
Baffin Island Northeast Coast 1997-08-07.jpg
Costa da ilha de Baffin

A ilha de Baffin (na língua inuktitut: Qikiqtaaluk, em francês: Île de Baffin) é a maior ilha do Canadá e a 5.ª maior do mundo, com uma área superior a 507 400 km². Faz parte do Arquipélago Ártico Canadiano e é nela que se encontra a capital do território de Nunavut, Iqaluit.

É limitada a norte pela Baía de Baffin, a leste pelo Estreito de Davis e a sul pelo Estreito de Hudson, que a separa da província de Quebeque.

A ilha tem o nome do explorador britânico William Baffin.

A maior parte da ilha de Baffin situa-se a norte do Círculo Polar Ártico e todas as localidades a norte de Pangnirtung estão na zona de noite polar e sol da meia-noite.

História[editar | editar código-fonte]

A ilha de Baffin está habitada, provavelmente desde há alguns milénios, pelos povos indígenas anteriores aos inuit. Provas da primeira ocupação remontam a cerca de 2400 a.C. e encontraram-se em Cape Dorset, que dá nome à cultura Dorset, do sudoeste da ilha.

A ilha de Baffin foi descoberta, desde o ponto de vista ocidental, pelo navegador inglês Martin Frobisher, embora já se tivessem notícias da sua existência através das expedições dos vikings, que a conheciam como Helluland, como consta na saga de Leif Erikson de 986. Em 1576, Frobisher, durante a sua procura pela Passagem do Noroeste, tornou-se no primeiro europeu a visitar la zona. Em 17 de julho de 1577, na sua segunda expedição — composta por três navios (Ayde, Gabriel e Michael). chegou ao que designou como Terra Hall, na baía de Frobisher. Uns dias depois tomou solenemente posse dessas terras e da parte sul da baía em nome da rainha de Inglaterra.

Em outra expedição em busca da Passagem do Noroeste, e, 1615-16, o capitão Robert Bylot e o seu piloto William Baffin, a bordo do Discovery, depois depercorrer a parte setentrional da baía de Baffin, exploraram no regresso a costa oriental da ilha. No século XIX, o explorador do ártico Sir William Edward Parry dar-lhe-ia o nome com o qual se conhece hoje, em homenagem ao piloto e navegador ártico.

Localidades[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Canadá é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.