Immaculée Ilibagiza

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Immaculée Ilibagiza, 2007

Immaculée Ilibagiza é uma escritora e palestrante ruandesa, mais conhecida por seu livro autobiográfico "Left to Tell: Discovering God Amidst the Rwandan Holocaust" ("Sobrevivi para Contar - O Poder da Fé me Salvou de um Massacre", edição em português).

Estudou eletrônica e engenharia mecânica na Universidade Nacional. Perdeu a maior parte de sua família durante o genocídio de 1994. Quatro anos mais tarde, emigrou de Ruanda para os Estados Unidos e foi trabalhar na Organização das Nações Unidas, na cidade de Nova York. Dedica-se neste momento à Fundação Ilibagiza, que se destina a ajudar outros sobreviventes a se recuperarem dos efeitos a longo prazo do genocídio e da guerra. Immaculée reside em Long Island, com o marido Bryan Black e os filhos de ambos, Nikeisha e Bryan Jr.[1]

Referências

  1. Lúcia Guimarães (7 de junho de 2008). "Ruanda ainda vai ser um paraíso" Estadão. Página visitada em 28 de agosto de 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.