Itaguaçu

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Itaguaçu
"Cidade-Sorriso"
Igreja em Itaguaçu

Igreja em Itaguaçu
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 17 de fevereiro
Fundação 17 de fevereiro de 1915
Gentílico itaguaçuense
Prefeito(a) Darly Dettmann
(2013–2016)
Localização
Localização de Itaguaçu
Localização de Itaguaçu no Espírito Santo
Itaguaçu está localizado em: Brasil
Itaguaçu
Localização de Itaguaçu no Brasil
19° 48' 07" S 40° 51' 21" O19° 48' 07" S 40° 51' 21" O
Unidade federativa  Espírito Santo
Mesorregião Central Espírito-santense IBGE/2008[1]
Microrregião Santa Teresa IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Itarana, Santa Teresa, São Roque do Canaã, Colatina, Baixo Guandu e Laranja da Terra
Distância até a capital 130 km
Características geográficas
Área 530,388 km² [2]
População 14 134 hab. Censo IBGE/2010[3]
Densidade 26,65 hab./km²
Altitude 150 m
Clima tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,702 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 132 520,982 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 324,58 IBGE/2008[5]
Página oficial
Commons
O Commons possui imagens e outras mídias sobre Itaguaçu

Itaguaçu é um município do estado do Espírito Santo, no Brasil. Sua população estimada em 2004 era de 15 060 habitantes.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Itaguaçu" é um termo de origem tupi que significa "pedra grande", pela junção de itá (pedra) e gûasu (grande)[6] .

História[editar | editar código-fonte]

Segundo informações de antigos moradores, em 1879 várias famílias de San Cassiano de Treviso (Itália) resolveram imigrar para o Brasil, viajando no veleiro La Valleja. Chegaram em 21 de junho do mesmo ano à cidade de Santa Teresa (ES), onde encontraram patrícios que haviam saído há mais tempo de sua terra natal e já possuíam propriedades no Brasil. Os san-cassianos trabalharam durante três anos para os seus patrícios, buscando informações para localizarem outras terras a colonizar. Casotti, um agrimensor que abriu uma picada até o rio Santa Joana, animou as famílias, dando boas informações sobre as terras por ele encontradas. No ano de 1882, doze famílias (Daleprani, De Martin, Fiorotti, Meneghel, Fardin, Coan, Rabbi, Toniato, Denardi, Perin, Mazzo e Bergamaschi), na esperança de dias melhores e condições de vida dignas, conforme fora prometido pelo governo brasileiro, desceram o rio Santa Maria e povoaram a região que atualmente pertence a Itarana. Saíram de Santa Teresa numa viagem de muito sofrimento e dificuldade, onde a morte, a desesperança, a dor e a tristeza tomavam conta de cada um.

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Pedra Paulista, com 600 metros de altitude, e o Pico do Caparaó, com 850 metros, são alguns dos pontos elevados do município de Itaguaçu. No município, temos ainda a Pedra da Lajinha, a Pedra do Barro Preto (símbolo da cidade),a Pedra do Cabrito (no distrito de Itaimbé),o paredão da Pedra do Cinco Pontões além do complexo rochoso de Alto Laje que são pontos elevados que proporcionam uma visão geográfica agradável de ser observada, alem de caracterizarem o relevo do município. O município tem limites com Baixo Guandu a noroeste, Colatina a norte, São Roque do Canaã a leste, Itarana a sul, Laranja da Terra a sudoeste e Santa Teresa a sudeste. O principal rio do município é o Santa Joana, cuja nascente está localizada no Município de Afonso Cláudio, e, no seu percurso, atravessa a área urbana de Itaguaçu. Há três distritos no Município de Itaguaçu: Itaimbé, Palmeira e Itaçu.

Economia[editar | editar código-fonte]

A base da economia de Itaguaçu é o cultivo do café conilon e arábica. Há ainda a produção de hortifrutigranjeiros, a criação de gado leiteiro e o extrativismo de granito.

Festividades[editar | editar código-fonte]

Durante o inverno, é realizado o Concurso Leiteiro. No mês de setembro, é realizada a Festa Itaguaçuense das Culturas - FITAC, com a apresentação de manifestações culturais locais de influência indígena, africana, pomerana, alemã, italiana e portuguesa.

Cultura Musical[editar | editar código-fonte]

Itaguaçu conta com um belo e moderno teatro, com ótima acústica, onde são realizadas frequentemente apresentações artísticas. A qualidade do teatro, aliás, foi objeto de elogio da banda Clube Big Beatles em sua passagem pela cidade com a apresentação do espetáculo "Revolution, a história dos Beatles". Há uma preferência musical, em especial pelos jovens, de música sertaneja e funk carioca. Há também apreciadores de música erudita, jazz, blues, rock, heavy metal etc. O Kasebre Rock Bar é o local que "transpira" essa veia musical.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 31 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
  6. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. p. 132.


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado do Espírito Santo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.