João Ruiz de Castelo-Blanco

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Merge-arrows 2.svg
Foi proposta a fusão deste artigo ou se(c)ção com João Roiz de Castel-Branco. Por favor crie o espaço de discussão sobre essa fusão e justifique o motivo aqui; não é necessário criar o espaço em ambas as páginas, crie-o somente uma vez. Perceba que para casos antigos é provável que já haja uma discussão acontecendo na página de discussão de um dos artigos. Verifique ambas (1, 2) e não se esqueça de levar toda a discussão quando levar o caso para a central. (desde julho de 2014)

João Ruiz de Castelo-Branco[1] foi um poeta português do século XV.

Seus poemas mais conhecidos são "Partindo-se" (ou "Cantiga Sua Partindo-se" ou "Senhora, Partem tão Tristes"), de amor, e "Adonde Tienes las Mentes".

Ocupou o cargo de contador na corte de Afonso 5º.[2]

Notas e referências

  1. Na grafia arcaica, Joam Roiz del Castel Blanco.
  2. As Tormentas
Ícone de esboço Este artigo sobre a biografia de um(a) escritor(a), poeta ou poetisa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.