John Dryden

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo não cita fontes fiáveis e independentes. (desde dezembro de 2009). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
John Dryden

John Dryden (Aldwinkle, Northamptonshire, 19 de agosto de 163112 de maio de 1700) foi um poeta, crítico literário e dramaturgo inglês que dominou a vida literária na Inglaterra durante a Restauração.

Dryden nasceu na aldeia de Aldwincle, próximo Oundle em Northamptonshire. Era o mais velho dos catorze filhos nascidas de Erasmus Dryden e Mary Pickering, neto paterno de Sir Erasmus Dryden. Em 1650 Dryden passou para o Trinity College, Cambridge onde ele teria experimentado um retorno ao ethos religioso e político da sua infância. Chegando em Londres durante o protectorado, Dryden obteve trabalho com o secretário de Estado de Cromwell, John Thurloe. Pouco tempo depois ele publicou seu primeiro poema importante, Heroique Stanzas (1658), uma elegia sobre a morte de Cromwell, que é cauteloso e prudente na sua exibição emocional. Em 1660 Dryden comemorou a Restauração da monarquia e do regresso de Carlos II com Astraea Redux, uma autêntico panegirico monárquico . Neste trabalho o interregno é ilustrado como um período de anarquia, e Carlos é visto como o restaurador da paz e da ordem.

Como crítico e tradutor foi essencial para fazer acessível ao público leitor inglês obras literárias em línguas clássicas.

Dryden morreu em 1700 e se encontra enterrado na Abadia de Westminster. Sua poesia, patriótica, religiosa e satírico-política, popularizou um tipo de verso endecassílabo que será o preferido do século XVIII, pois foi tomada como modelo por poetas como Alexander Pope e Samuel Johnson.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: John Dryden
Wikisource
O Wikisource contém fontes primárias relacionadas com John Dryden
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.