Judy Collins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Judy Collins
Judycollins 20090205.jpg
Judy Collins se apresentando no The Bromeley Family Theater em Bradford, PA em 5 de Fevereiro de 2009
Informação geral
Nome completo Judith Marjorie Collins
Nascimento 1 de Maio de 1939 (75 anos)
Origem Seattle, Washington
País  Estados Unidos
Instrumento(s) Vocal, Piano, Guitarra, Harmonica
Período em atividade 1959 – presente
Gravadora(s) Elektra Records
Geffen/MCA Records
Mesa Bluemoon/Rhino/Atlantic Records
Wildflower Records
Afiliação(ões) Leonard Cohen
Bob Dylan
Joni Mitchell
Página oficial judycollins.com

Judith Marjorie Collins (nascida em 1º de maio de 1939, em Seattle, Washington) é uma cantora e compositora norte-americana de folk music, conhecida pelos seus gostos ecléticos no material que ela grava (que incluem folk, pop, e rock and roll); e pelo seu ativismo social.

Judy Collins percorreu muitos caminhos na revolução da música popular norte-americana dos anos 60. Interpretou Richard Fariña, Randy Newman e Donovan quando poucos o faziam e já em 1963 cantava "Turn! Turn! Turn!" segundo um primeiro arranjo de Roger McGuinn.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Começou a carreira discográfica aos 22 anos, em 1961, imersa num cancioneiro tradicional derivado de Woody Guthrie e Peter Seeger - e o título da estreia, Maid of Constant Sorrow, sintetiza na perfeição o seu tom até meados da década. Mas começou a escolher para novos álbuns canções de Bob Dylan ou Phil Ochs. Tinha um dom execpcional para reconhecer talentosos escritores de canções.[1]

Referências

  1. Blitz/Optimus, Pop Rock 1965-1969.
Accordrelativo20060224.png Este artigo sobre um(a) músico(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.