Junco de Le Gall

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaJunco de Le Gall
Ulex gallii

Ulex gallii
Classificação científica
Reino: Plantae
Divisão: Magnoliophyta
Classe: Magnoliopsida
Ordem: Fabales
Família: Fabaceae
Género: Ulex
Espécie
Ulex gallii

O Junco de Le Gall é o nome vernacular da espécie Ulex gallii da família das Fabaceae, subfamília das Faboideae.

Foi descrito por Planchon em 1849 nos Anais de Ciências Naturais de Paris (Ser. 3,11 : 213).

É um arbusto perene da família das Fabaceae, nativa do sul da Escócia, Inglaterra, Irlanda, País de Gales, França e noroeste da Espanha (Galiza). É encontrada geralmente nas regiões quentes com solos ácidos e, frequentemente em ambientes marítimos e de montanhas.

Cresce até 90 cm de altura. As hastes novas são verdes, com folhas modificadas de 1 a 3 cm de comprimento. A flor é amarela, 1 a 2 cm de comprimento, com a estrutura típica de uma ervilha.

A fruta é um legume ( vagem ), parcialmente incluído na região marron pálida da flor.

Como toda a espécie de junco, é uma planta cujas raizes rebrotam após o uso do fogo. Suas sementes são adaptadas também para germinarem quando ligeiramente chamuscadas.

O nome cientifico da espécie (gallii) deve-se Nicolas Joseph Marie Le Gall, quem foi o primeiro a diferenciar este junco do junco da Provença. Porém, não conseguiu publicar a descoberta antes que Planchon a descrevesse em 1849. De qualquer modo, Planchon dedicou-lhe o nome científico da nova espécie.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre leguminosas (família Fabaceae), integrado no Projeto Plantas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.