Kofuku-ji

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pix.gif Monumentos Históricos da Antiga Nara *
Welterbe.svg
Património Mundial da UNESCO

Kofukuji0411.jpg
Pagoda de cinco andares e Tōkon-dō, em Kōfuku-ji.
País  Japão
Tipo Cultural
Critérios ii, iii, iv, vi
Referência 870
Região** Ásia
Coordenadas 34° 40′ N 135° 50′ E
Histórico de inscrição
Inscrição 1998  (22ª sessão)
* Nome como inscrito na lista do Património Mundial.
** Região, segundo a classificação pela UNESCO.

Kōfuku-ji (興福寺, Kōfuku-ji?) é um templo budista na cidade de Nara, Japão. O templo é a sede nacional da escola Hossō é um dos oito Monumentos Históricos da Antiga Nara inscritos na lista de patrimônios mundiais da UNESCO.

História[editar | editar código-fonte]

Kōfuku-ji tem sua origem como um templo que foi fundada em 669 pela Princesa Kagami (镜大君, Kagami no Okimi?), a esposa de Fujiwara no Kamatari, como forma de agradecer pela recuperação de uma doença do marido. Seu local original era Yamashina, na Província de Yamashiro (atual Kyoto ). Em 672, o templo foi transferido para Fujiwara-kyō , a primeira capital japonesa planejada para copiar o padrão de grade ortogonal de Chang'an . Em 710, o templo foi desmontado pela segunda vez e mudou para a atual localização, na zona leste da capital recém-construído, Heijō-kyō ou Nanto, a Nara de hoje.

Kōfuku-ji foi o templo tutelar dos Fujiwara que gozavam de muita prosperidade, desde que foi construído. O templo não era apenas um importante centro para a religião budista, mas também manteve influência sobre o governo imperial, e até mesmo por "meios agressivos" em alguns casos [1] , quando muitos dos Sete Grandes Templos de Nanto (南都七大寺, Nanto Shichi Daiji?) como o Tōdai-ji perderam sua importância após a mudança da capital para Heian-kyō (Kyoto), Kōfuku-ji manteve a sua importância por causa de sua conexão com os Fujiwara. O templo foi danificado e destruído por guerras civis e por incêndios muitas vezes, e foi reconstruído tantas vezes também, embora, finalmente, alguns dos edifícios importantes, como dois dos três Kondō (Entradas Douradas), o Nandaimon (Grande Portão do Sul), o Chūmon (Portão Intermediário) e o Kairō {Corredor) nunca foram reconstruídos até hoje.

Ícone de esboço Este artigo sobre o Japão é um esboço relacionado ao Projeto Ásia. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Referências

  1. Richard John Bowring,"The religious traditions of Japan". Cambridge University Press, 2005 , pp.218 - 219 ISBN 9780521851190
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Kofuku-ji