Língua umbra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Umbro
Falado em: Úmbria
Região: Itália central
Total de falantes:
Família: Indo-europeia
 Itálica
  Osco-úmbrico
   Umbro
Códigos de língua
ISO 639-1: --
ISO 639-2: ine
ISO 639-3: xum
Distribuição aproximada dos idiomas falados na Itália durante a Idade do Ferro, no século VI a.C.. O umbro está em rosa, ao centro.

O umbro,[1] também conhecido como úmbrio ou úmbrico, é uma língua indo-europeia extinta pertencente à família das línguas osco-úmbricas,[2] falada pelos antigos Umbros, que no período clássico viveram no território a leste do alto curso do rio Tibre, ao longo dos Apeninos indo até ao mar Adriático.

É conhecida sobretudo pelas Tábuas Eugubinas, sete tábuas de bronze que contêm as leis sacras da cidade umbra de Ikuvium (moderna Gubbio), escritas em grande parte no alfabeto umbro.

Atualmente o termo "umbro" é inapropriadamente usado também para indicar o conjunto dos dialetos do italiano falados nas várias zonas da moderna região italiana da Úmbria.

Exemplo[editar | editar código-fonte]

A título de exemplo, a transliteração de algumas linhas em língua umbra, retiradas da primeira das Tábuas Eugubinas:

este persklum aves anzeriates enetu
pernaies pusnaes preveres treplanes
iuve krapuvi tre buf fetu arvia ustentu
vatuva ferine feitu heris vinu heri puni
ukriper fisiu tutaper ikuvina feitu sevum


Referências

  1. Priberam: umbro
  2. Ciberdúvidas: Sobre a dialectização do latim

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • "Gli antichi Italici", Giacomo Devoto (1967)
  • "Le Tavole di Gubbio", Giacomo Devoto (1948)
  • "Le tavole di Gubbio e La Civiltà degli Umbri" - Augusto Ancillotti, Romolo Cerri (1996)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre linguística ou um linguista é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.