Leonard Woolf

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Leonard Sidney Woolf (25 de Novembro de 1880 – 14 de Agosto de 1969) foi um teórico político, autor e editor. É mais conhecido por ter sido o marido da escritora Virginia Woolf[1] .

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Referências

  1. Claire Messud. Leonard Woolf's quiet complexity 8/12/2006. Visitado em 24/04/2012.

Pablo Neruda, em sua obra autobiográfica "Confesso que Vivi", menciona que Leonardo Woolf escreveu "um dos melhores livros que jamais foram escritos sobre o Oriente: A village in the jungle, obra-prima da vida verdadeira e da literatura real, um pouco ou muito prejudicado pela fama da mulher de Woolf, nada menos que Virgínia Woolf, grande escritora subjetiva de renome universal." NERUDA, Pablo. Confesso que vivi. Difel Difusão Editorial S.A. 16.ed. Trad. de SAWARY, Olga. 1983. p. 93.