Levi Eshkol

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Levi Eshkol
לוי אשכול
Levi Eshkol
לוי אשכול
Primeiro-ministro de Israel Israel
Mandato 21 de Junho de 1963-
26 de Fevereiro de 1969
Antecessor(a) David Ben-Gurion
Sucessor(a) Golda Meir
Vida
Nascimento 25 de Outubro de 1895
Oratov, Ucrânia
Morte 26 de fevereiro de 1969 (73 anos)
Jerusalém
Dados pessoais
Partido Mapai, HaMa'arakh

Levi Eshkol Shkolnik, em hebraico: לוי אשכול, (Oratov, 25 de Outubro de 1895Jerusalém, 26 de Fevereiro de 1969) foi o terceiro primeiro-ministro de Israel, desde 1963 até à sua morte de ataque de coração em 1969.

Levi Eshkol nasceu numa pequena vila perto de Kiev, na Ucrânia. A mãe de Levi tinha uma simpatia pelo hassidismo (observação rigorosa das regras religiosas do judaísmo ortodoxo), e o seu pai era mais inclinado para o Mitnagdim (o movimento de oposição ao hassidismo). Em resultado, a educação de Eshkol foi normal. Em 1914, Levi partiu para a Palestina, então uma parte do Império Otomano. Chegado ali, em breve ele se ofereceu como voluntário para a Legião Judaica.

Eshkol foi eleito para o Knesset pela primeira vez em 1951 como membro do partido Mapai. Em 1963 ele foi eleito primeiro-ministro, sucedendo a David Ben-Gurion. Como primeiro-ministro, Eshkol trabalhou para o melhoramento das relações externas, estabelecendo o contacto diplomático com a República Federal Alemã em 1965. Estabeleceu também laços culturais com a União Soviética, o que permitiu que alguns judeus soviéticos pudessem emigrar para Israel. Ele desempenhou um papel de relevo na Guerra dos Seis Dias de Junho de 1967. Durante esta crise, Eshkol estabeleceu um Governo de Unidade Nacional, com a liderança militar sob o comando de Moshe Dayan. De volta à acção governativa civil, Eshkol destacou-se pela implementação do plano nacional de canalização.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
David Ben-Gurion
Primeiro-ministro de Israel
1963 - 1969
Sucedido por
Golda Meir