Luiz de Barros

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Luiz Moretzhon da Cunha e Figueiredo da Fonseca de Almeida e Barros Castelo Branco Teixeira de Barros, conhecido como Luiz de Barros (Rio de Janeiro, 12 de setembro de 1893 — Rio de Janeiro, 1982) foi um diretor de cinema, produtor cinematográfico, montador cinematográfico, roteirista, diretor de fotografia e ator brasileiro. Era também creditado como Teixeira Barros, Guilherme Teixeira e Teixeira de Barros.1

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estudou Direito no Brasil e artes plásticas na Europa. Fez estágio nos estúdios da Gaumont na França. Dirigiu o primeiro filme sonoro brasileiro, Acabaram-se os otários (1929), considerado o primeiro filme de chanchada nacional.

Escreveu os roteiros de : Ele, Ela, Quem? (1977); Vagabundos no Society (1962); É Pra Casar? (1953); Inocência (1949) O Cortiço (1945); Berlim na Batucada (1944); Maridinho de Luxo (1938); e Perdida (1915).

Em 1978 lançou o livro "Minhas memórias de cineasta", pela editora Artenova, em convênio com a Embrafilme, organizado pelo crítico e cineasta Alex Viany.

Dirigiu cerca de 80 filmes entre 1914 e 1980.

Filmografia[editar | editar código-fonte]

  • 1980 - Ele, Ela, Quem?
  • 1962 - Vagabundos no Society
  • 1961 - Por Um Céu de Liberdade
  • 1959 - Aí Vêm os Cadetes
  • 1957 - Tudo é Música
  • 1957 - Um Pirata do Outro Mundo
  • 1956 - O Negócio Foi Assim
  • 1956 - Quem Sabe, Sabe!
  • 1956 - Samba na Vila
  • 1955 - Trabalhou Bem, Genival
  • 1954 - Malandros em Quarta Dimensão
  • 1953 - Com a Mão na Massa
  • 1953 - É Pra Casar?
  • 1952 - Era uma Vez um Vagabundo
  • 1952 - Está com Tudo
  • 1952 - O Rei do Samba
  • 1951 - Agüenta Firme, Isidoro
  • 1951 - Anjo do Lodo
  • 1949 - Inocência
  • 1949 - Eu Quero é Movimento
  • 1949 - Pra Lá de Boa
  • 1948 - Fogo na Canjica
  • 1948 - Esta é Fina
  • 1947 - O Malandro e a grã-fina
  • 1946 - Caídos do Céu
  • 1946 - O Cavalo 13
  • 1945 - O Cortiço
  • 1945 - Pif-Paf
  • 1944 - Corações Sem Piloto
  • 1944 - Berlim na Batucada
  • 1943 - Samba em Berlim
  • 1941 - A Sedução do Garimpo
  • 1941 - Entra na Farra
  • 1940 - Cisne branco
  • 1940 - E o Circo Chegou
  • 1938 - Maridinho de Luxo
  • 1938 - Tererê Não Resolve
  • 1937 - Samba da Vida
  • 1936 - O Jovem Tataravô
  • 1936 - Carioca Maravilhosa
  • 1931 - Alvorada da Glória
  • 1930 - Canções Brasileiras
  • 1930 - Messalina
  • 1930 - O Babão
  • 1930 - Amor de Apache
  • 1929 - Acabaram-se os Otários
  • 1929 - Uma Encrenca no Olimpo
  • 1928 - Operação Cesariana (documentário)
  • 1928 - Operação de Estômago (documentário)
  • 1926 - Depravação
  • 1924 - Hei de Vencer
  • 1924 - A Vinganca Do Peão
  • 1924 - Vocação Irresistível
  • 1923 - A Capital Federal
  • 1923 - Cavaleiro Negro
  • 1923 - Augusto Aníbal Quer Casar
  • 1922 - O Rio Grande do Sul (documentário)
  • 1920 - As Aventuras de Gregório
  • 1920 - Jóia Maldita
  • 1920 - Coração de Gaúcho
  • 1919 - Ubirajara
  • 1919 - Alma Sertaneja
  • 1918 - Amor e Boemia
  • 1918 - Zerotreze 013
  • 1916 - Vivo ou Morto
  • 1916 - Perdida
  • 1914 - A Viuvinha

Curta-metragens[editar | editar código-fonte]

  • 1939 - Favela
  • 1931 - Sobe o Armário
  • 1931 - Tango do Amor
  • 1931 - Tom Bill Brigou com a Namorada
  • 1930 - Lua-de-Mel
  • 1930 - Minha Mulher Me Deixou
  • 1929 - O Amor Não Traz Vantagens
  • 1929 - Casa de Caboclo
  • 1929 - Como Se Gosta
  • 1929 - A Juriti
  • 1929 - Baianinha
  • 1929 - Feijoada
  • 1929 - O Palhaço
  • 1924 - A Revolução de 1924 (documentário)
  • 1922 - O Exército Brasileiro (documentário)
Applications-multimedia.svg A Wikipédia possui o


Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre cineastas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.