Máquina do tempo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde Novembro de 2013). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

Máquina do tempo é o termo que comumente se refere à ferramenta que permite um deslocamento através do tempo de uma maneira não-natural, possibilitando que o objeto de sua ação, seja o passageiro (da máquina), o operador ou alvo dela, se mova de, ou para, o passado, o presente ou o futuro.

Em 1942, Richard Feynman propos em sua tese de doutorado que os fenômenos são influenciados 50% pelo futuro e 50% pelo passado.

De acordo com Marc R. Reinganum, em artigo para Journal of Portfolio Management, máquinas do tempo são impossíveis de serem construídas, agora ou em qualquer tempo futuro. A prova, por reductio ad absurdum, é que, se houvesse alguma máquina do tempo, seria possível usar a arbitragem para ganhar dinheiro através das taxas de juros, o que levaria estas taxas para zero. Como as taxas de juro são sempre positivas, segue-se que máquinas do tempo não existem, nunca existiram nem nunca existirão.[1]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Commons Categoria no Commons

Referências

  1. Marc R. Reinganum, "Is Time Travel Impossible? A Financial Proof", Journal of Portfolio Management 13(1):10-12, Fall 1986, citado por Robin Hanson, The Economics of Science Fiction [em linha]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre física é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.
Ícone de esboço Este artigo sobre ficção científica e fantasia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.