Mahis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mahis
مدينة ماحص
—  Cidade  —
Tarde de inverno em Mahis
Tarde de inverno em Mahis
Mahis está localizado em: Jordânia
Mahis
Localização na Jordânia
31° 59' N 35° 46' E
País  Jordânia
Governorate Balqa (governorate)
Altitude 800 m (2 625 pés)
População (2005)
 - Total 14 000
Fuso horário UTC+2 (UTC+2)
 - Horário de verão UTC+3 (UTC+3)

Mahis (em árabe: ماحص) é uma vila jordaniana localizada no Balqa (governadoria) Noroeste da capital da governadoria do Salt, e 10 km oeste de Amman. Sua população ultrapassa 14.000. A maioria da população de Mahis descende da tribo Al-Abbadi[1] (em árabe: العبادي). A vila montanhosa está localizada a mais de 800 metros,[2] com vista panorâmica sobre o vale da Jordânia, Cisjordânia, e paredes de Jerusalém visíveis no horizonte. Mahis é conhecida por seus pomares e suas numerosas fontes e nascentes de água, especialmente a Fonte de Mahis.

Origem Histórica de Mahis[editar | editar código-fonte]

Vista de Mahis do vale da Jordânia

Acredita-se que Mahis surgiu durante o período romano, quando a fronteira judaica Perea e do território de Philadelphia - Amman do Decápole, e no período Bizantino entre o território da Diocese de Gadara - es-Salt e Philadelphia.[3] O nome vem da palavra árabe (em árabe: محص) ou seja, para verificar e analisar devido a seu status como um ponto de controle de fronteiras.


Economia de Mahis[editar | editar código-fonte]

Fazendas em Mahis

Mahis é baseado em uma economia agrária, incluindo trigo, cevada e tabaco bem como romãs, uvas e azeitonas. A importância da agricultura está diminuindo, embora figos e azeitonas ainda são a principal fonte de renda. A área também produz bens naturais, tais como caulim, que é então produzido na cidade vizinha Fuhais.[4] [ligação inativa] A parte sul do território de Mahis chamado Almeda (em árabe: الميدة) também atrai o turismo, devido às suas montanhas arborizadas e localização, perto da Mar Morto/Cisjordânia, bem como Amman. Mahis também se concentra na educação e é bem conhecida por suas disciplinas acadêmicas de ensino superior.

Importância religiosa[editar | editar código-fonte]

O túmulo de Al-Khidr o profeta

Em Mahis há um santuário de Al-Khidr, uma única sala cercada por um pequeno jardim com uma bandeira verde no topo.[5] [6] Near Mahies (2 km a oeste de Mahis), em uma área chamada Wadi Shoaib, é o túmulo do profeta Shoaib ou Jethro na tradição bíblica.[7]

Demografia de Mahis[editar | editar código-fonte]

A população é geralmente de árabes, principalmente os descendentes da tribo Al-Abbadi, a segunda maior na Jordânia,[8] também referida como a família dos Al-Jbara, incluindo AlSheyab, Al Shebly, Al Jawaldeh, e outros.

Referências

  1. Bawazir.com (Arabic Online)
  2. Indexmundi.com Online.
  3. RICERCA STORICO-ARCHEOLOGICAIN GIORDANIA XXIII - 2003 (Arquivo Pdf Pesquisa por Basema Hamarneh)
  4. Jordandevnet.org Online
  5. Zain-Eldin, Mustafa Bin-Hashim. (Summer 2003). "Jordan: The Land of Prophets" (PDF). Islamic Tourism (7): 66–74.
  6. [http://www.asor.org/outreach/Features/elias.htm The American Schools of Oriental Research] on-line
  7. Peterjclark.tripod.com Online.
  8. العشائر الاردنيه - بني عباد آل عبادي (em arabic). Visitado em 2010-12-27.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


31° 59′ N 35° 46′ E