Manuel Camilo dos Santos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Manuel Camilo dos Santos (Guarabira, 9 de junho de 1905Rio de Janeiro, 9 de abril de 1987) foi um escritor, poeta popular, violeiro, repentista, horoscopista, comerciante e compositor brasileiro.

Atuou como ambulante, marceneiro e foi candidato a deputado federal. Instalou em 1942, em Guarabira, uma pequena tipografia de nome "Tipografia e Folhetaria Santos", que foi transferida para a cidade de Campina Grande em 1957, que depois de modernizada passou a chamar A Estrella da Poesia. Nestes locais imprimiu seus folhetos no gênero Literatura de cordel.[1]

Recebeu o prêmio de melhor poeta popular do Brasil em 1975, concedido pela Universidade Regional do Nordeste, na cidade de Campina Grande, Paraíba.

Livros de poesia[editar | editar código-fonte]

  • Autobiografia do poeta (1979)
  • O caboclo do bode (1974)
  • Viagem a São Saruê, obra traduzida para o francês (1956)[2]
  • O Sabido sem estudo (1955)

Poemas[editar | editar código-fonte]

  • C. A poesia está
  • Doutor mestre pensamento
  • Há muitos anos passados
  • Muitas das minhas histórias
  • Os peixes lá são tão mansos
  • A verdade
  • M. C. S.
  • Motes dados por Egídio
  • Saudade muita saudade
  • O sabido sem estudo[3]
Cquote1.svg Deus escreve em linhas tortas
Tão certo chega faz gosto
E fez tudo abaixo dele
Nada lhe será oposto
Um do outro desigual
Por isto o mundo é composto
.....
Tem às ordens um seu criado
Cquote2.svg
O sabido sem estudo, Campina Grande, 21-11-1955

Homenagens e prêmios[editar | editar código-fonte]

  • Patrono da Casa de Cultura São Saruê, cujo nome homenageia o poeta pelo poema "Viagem a São Saruê", (1978) - Rio de Janeiro.
  • Diploma de melhor poeta popular do Brasil concedidos pela Universidade Regional do Nordeste, em solenidade no Museu de Artes, (1975) - Campina Grande Paraíba.
  • Diploma no Segundo Congresso de Poetas e Violeiros de São Paulo, (1960) - São Paulo.
  • Diploma no Congresso de Poetas e Repentistas de Salvador, (1955) - Salvador.

Referências

  1. Maurilio Antonio Dias de Sousa. Manuel Camilo dos Santos, Biografia. Fundação Casa de Rui Barbosa. Página visitada em 24-11-2010.
  2. Editora Coqueiro. Viagem a São Saruê - Manuel Camilo dos Santos. Página visitada em 25-8-2010.
  3. Jangada Brasil. O sabido sem estudo de Manuel Camilo dos Santos. Página visitada em 25-8-2010.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um escritor do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.