Manuscrito Encontrado em Accra

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Manuscrito encontrado em Accra
Autor (es) Paulo Coelho
Idioma Português
País Brasil Brasil
Assunto Literatura Nacional
Género Fantasia, Ficção
Editora SEXTANTE; (2012)
Lançamento 2012
ISBN 8575428225

Manuscrito Encontrado em Accra é um best-seller do escritor brasileiro Paulo Coelho. Publicado originalmente em 2012.[1]

Enredo[editar | editar código-fonte]

Em 14 de julho de 1099. Enquanto Jerusalém se prepara para a invasão dos cruzados, um grego conhecido como Copta convoca uma reunião com os jovens e velhos, homens e mulheres da cidade. A multidão formada por cristãos, judeus e muçulmanos chega à praça achando que irá ouvir uma preleção sobre como se preparar para o combate, mas não é isso o que Copta tem a lhes dizer. Tudo indica que a derrota é iminente, mas o grego só quer instigar as pessoas a buscarem a sabedoria existente em sua vida cotidiana, forjada a partir dos desafios e dificuldades que têm de enfrentar. O verdadeiro conhecimento, acredita, está nos amores vividos, nas perdas sofridas, nos momentos de crise e de glória e na convivência diária com a inevitabilidade da morte.

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um livro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.