Marty McFly

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Marty McFly
Personagem de Back to the Future
Nome original Martin Seamus McFly
Língua original inglês
Outro(s) nome(s) Marty
Morada Hill Valley, Califórnia
 Estados Unidos
Nascimento 1968 (45–46 anos)
Sexo masculino
Cabelo Ruivo
Olhos Azuis
Actividade(s) estudante
Especialidade(s) viajante do tempo
Amigo(s) Emmett Brown
Inimigo(s) Biff Tannen,Griff Tannen,Buford "Mad Dog" Tannen,3-D,Joey e Match
Dublador Manolo Rey
Filme(s) Back to the Future
Primeira aparição Back to the Future (1985)
Última aparição Back to the Future III (1990)
Interpretado por Michael J. Fox
IMDb Marty McFly no IMDb
Projecto Cinema  · Portal Cinema

Martin Seamus McFly, ou Marty McFly, é um personagem fictício e protagonista da trilogia Back to the Future (br: De Volta para o Futuro), representado pelo ator Michael J. Fox nos três filmes e dublado por David Kaufman na série animada.

Personagem[editar | editar código-fonte]

Marty nasceu em 1968 em Hill Valley, na Califórnia[1] . Ele é o mais novo dos três filhos de George e Lorraine McFly. Ele tem um irmão chamado Dave, uma irmã chamada Linda e uma namorada, Jennifer Parker. Seu melhor amigo é o cientista Emmett Brown, a quem Marty (e Jennifer) chamam de "Doutor". Marty não passa muito tempo em casa, ele prefere sair com o Doutor, Jennifer, ou os integrantes da sua banda, The Pinheads (Os Palermas em português).

Marty não é um adolescente problemático. Não é o melhor estudante academicalmente, mas suas notas são boas, entretanto, ele tem uma tendência em chegar atrasado nas aulas. Ele toca guitarra com Os Pinheads e gosta de ouvir Huey Lewis and The News, ZZ Top, e Eddie Van Halen. Ele também tem um talento especial para andar de skate.

Quando está cara-a-cara com o perigo, Marty é sempre bravo, corajoso e destemido. Sua maior falha é a obsessão pelo desejo de mostrar aos outros que não é covarde, que resulta em riscos desnecessários a ele. Ele não admite ser chamado de "frangote", uma semelhança que ele tem com o personagem de James Dean's, Jim Stark de Rebelde Sem Causa. Entretanto, no final de De Volta Para O Futuro III, Marty percebeu que ele não precisava ficar constantemente provando sua coragem, e escapa de uma das grandes tragédias da sua vida, uma colisão com uma limousine Rolls-Royce.

Antes de De Volta para o Futuro[editar | editar código-fonte]

Pouco é conhecido sobre a vida de Marty antes do primeiro filme. Exceto pelo fato dele ter colocado fogo no tapete da sala de sua casa aos 8 anos. Como Marty e Doc se conheceram nunca foi explicado, no script do primeiro filme diz que a alguns anos atrás Doc foi na garagem de Marty e ofereceu a ele 50 dólares por semana, mais cerveja grátis e a utilização de sua coleção de discos, para limpar a sua garagem. Esta explicação não é aceita pela maioria dos fãs, entretanto. Os escritores Robert Zemeckis e Bob Gale dizem que eles consideraram em expandir o relacionamento entre os personagens, mas decidiram não fazê-lo, porque os espectadores adolescentes e jovens são mais atraídos por vizinhos excêntricos.

De Volta para o Futuro[editar | editar código-fonte]

O primeiro filme se passa em 1985 e Marty tem 17 anos. Na manhâ de 26 de outubro de 1985, a pedido de Doc, Marty se encontra com ele no estacionamento do Twin Pines Mall (Shopping Pinheiros Gêmeos) Doc mostra sua nova invenção, uma máquina do tempo feita com um carro DeLorean. A demonstração é interrompida pela chegada de um grupo de terroristas libios enfurecidos. Os libios forneceram a Doc plutônio para construir uma arma nuclear a eles, mas Doc usa o plutônio para fornecer ao DeLorean 1.21 gigawatts de eletricidade necessária para a viagem no tempo. Isso resulta na "morte" de Doc.

Marty resolve escapar dos terroristas no DeLorean, mas ele acaba por voltar no tempo para o dia 5 de novembro de 1955 depois de acidentalmente ativar os circuitos da viagem no tempo, onde ele interfere no primeiro encontro dos seus futuros pais. Usando a marca de roupas "Calvin Klein" (sua futura mãe, Lorraine, vê este nome gravado na sua cueca acha que este é o seu nome), Marty conhece a versão de 1955 de Doc e pede sua ajuda. Marty tem que conseguir fazer seus pais (Lorraine e George) se apaixonar, ou ele nunca vão se casar e Marty nunca irá nascer esta não é uma tarefa fácil, porque Lorraine tem uma queda pelo Marty, e George é muito tímido para falar com ela.

Na noite de 12 de novembro de 1955, Marty leva Lorraine para o baile Encanto Submarino no Hill Valley High School (o colégio da cidade de Hill Valley). Ele e seu futuro pai fazem um plano que vai permitir George a ganhar o amor de Lorraine salvando ela da "crise agressiva" de Marty. Para o azar deles, um inimigo que Marty fez na escola, Biff Tannen, aparece no estacionamento do colégio procurando por vingança. Quando George vem para resgatar Lorraine, percebe que ao invés de ter que salvar Lorraine de Marty, agora ele tem que salvar Lorraine de Biff. George dá um soco em Biff, se confrontando com um valentão pela primeira vez na sua vida, e George e Lorraine se apaixonam.

Com a sua futura existência garantida, Marty sobe no palco e se junta à banda para tocar Johnny B. Goode incluindo seu próprio solo de guitarra, no estilo de Jimi Hendrix, que, em 1955, deixa a platéia sem voz. Voltando para 1985, Marty descobre que a vida da sua família está muito diferente porque George aprendeu a ser mais auto confiante, quando enfrentou Biff. Eles são mais confiantes, ricos e Marty tem a sua própria caminhonete da Toyota.

Referências

  1. {{{título}}}.