Nanopartícula

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Imagens TEM (a, b, e c) images de mesoporos preparados de nanopartículas de sílica com diâmetro externo de: (a) 20nm, (b) 45nm, e (c) 80nm. Imagem SEM (d) correspondente a (b). Os insetos são uma alta magnificação de mesoporos da partícula de sílica.

Em nanotecnologia, uma partícula é definida como um pequeno objeto que comporta-se como uma unidade inteira em termos de seu transporte e propriedades. Além disso, é classificada de acordo com o tamanho: em termos de diâmetro, partículas finas cobrem um intervalo entre 100 e 2500 nanômetros, enquanto partículas ultrafinas, por outro lado, possuem tamanho entre 1 e 100 nanômetros. Similarmente a partículas ultrafinas, nanopartículas possuem tamanho entre 1 e 100 nanômetros. Nanopartículas podem ou não exibir propriedades relacionadas com o tamanho que diferem significativamente daqueles observados em partículas finas ou materiais volumosos.1 2 Embora o tamanho da maioria das moléculas se encaixe no esquema acima, as moléculas individuais não são geralmente referidos como nanopartículas.

Referências

  1. Cristina Buzea, Ivan Pacheco, and Kevin Robbie. (2007). "Nanomaterials and Nanoparticles: Sources and Toxicity". Biointerphases 2: MR17–MR71.
  2. ASTM E 2456 - 06 Standard Terminology Relating to Nanotechnology

Ver também[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre Nanotecnologia é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.