Natação pura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde junho de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

A natação pura, também conhecida por natação desportiva, é a prática da natação de competição em piscina, envolvendo os quatro estilos básicos: crawl, bruços, costas e mariposa. Insere-se nos desportos aquáticos e faz parte dos Jogos Olímpicos modernos desde o seu início em 1896. O desporto é regido pela Federação Internacional de Natação (FINA),[1] juntamente com as outras disciplinas aquáticas: natação sincronizada, pólo aquático, saltos para a água, águas abertas e mergulho aquático.

Competição[editar | editar código-fonte]

O objectivo da natação pura é o de determinar qual é o nadador mais rápido em uma determinada distância. A natação pura tornou popular no século XIX, e inclui 36 provas individuais - 18 masculinas e 18 femininas, porém o COI (Comité Olímpico Internacional) reconhece apenas 34 provas - 17 masculinas e 17 femininas. A natação pura é uma modalidade dos Jogos Olímpicos de Verão, onde atletas de ambos os sexos competem em 16 das provas reconhecidas pelo COI. As provas Olímpicas realizam-se em piscina de 50 metros.

A natação pura é regulada pela FINA (Federação Internacional de Natação).

As piscinas oficiais de competição podem ser de, 25 ou 50 metros em extensão. Têm que ter 8 pistas, cada uma com 2,5 metros de largura e com um espaço suplementar mínimo de 20 centímetros ao lado das pistas externas. A profundidade deve ser igual ou superior a 1,35 metros. A água deve estar a uma temperatura entre 25°C e 28°C nas competições, não sendo homologado recordes se as temperaturas forem inferiores ou superiores a esses valores.

Estilos[editar | editar código-fonte]

O estilo mariposa.

Os estilos em natação pura são quatro:[2] crawl, bruços, costas e mariposa. No entanto, não existem provas de crawl, existindo em seu lugar as provas de estilo livre. Normalmente os nadadores escolhem efectuar estas provas em crawl por ser o mais rápido dos quatro estilos.

Cada um destes estilos tem especificações próprias em relação ao posicionamento do tórax do atleta e ao movimento das pernas e dos braços.

  • No estilo bruços, o primeiro a surgir, o atleta fica com o peito voltado para o fundo da piscina, arremessando os dois braços em simultâneo por baixo de água, produzindo um movimento sincronizado com as pernas, em um movimento semelhante ao de uma tesoura.
  • No estilo crawl, o atleta posiciona-se com o peito voltado para o fundo da piscina, em posição horizontal ao nível da água, executando movimentos circulares alternados com os braços em posição paralela ao corpo, as pernas movimentam-se para cima e para baixo também alternadamente.
  • O estilo de costas é similar ao crawl, sendo praticamente uma inversão deste, ficando o atleta com o peito voltado para cima, e as costas voltadas para o fundo da piscina.
  • No estilo mariposa, o atleta também fica com o peito voltado para o fundo da piscina, mas joga os dois braços ao mesmo tempo para frente por cima da água e produz um movimento também sincronizado com as pernas, para cima e para baixo, similar ao movimento da cauda de um golfinho.

Provas[editar | editar código-fonte]

Provas individuais[editar | editar código-fonte]

As provas, individuais são as provas em que o nadador efectua o percurso sozinho.

As provas são de 50m, 100m, 200m, 400m, 800m (só para mulheres) ou 1500m (só para homens).

Provas de estafetas[editar | editar código-fonte]

Disputam-se também provas de estafetas, em que quatro nadadores se revezam a nadar.

As provas de estafetas são de 4x50m, 4x100m e 4x200m para estilo livre e 4x100m para estilos.

Estilo livre[editar | editar código-fonte]

Nesta prova o nadador pode optar pelo estilo que preferir. Na prática o estilo usado com mais frequência é o crawl.

As provas de estilo livre são efectuadas nas distâncias de 50m, 100m, 200m, 400m, 800m e 1500m.

Estilo costas[editar | editar código-fonte]

O estilo costas tem uma técnica semelhante ao crawl, excepto que é praticado com as costas voltadas para o fundo da piscina.

As provas do estilo costas são efectuadas nas distâncias de 50m, 100m e 200m.

Estilo bruços[editar | editar código-fonte]

No estilo bruços o atleta nada de peito voltado para o fundo da piscina, movendo os braços simultaneamente, "puxando" a água da frente para trás, abrindo e fechando as pernas (movimento de tesoura) de forma sincronizada.

As provas do estilo bruços são efectuadas nas distâncias de 50m, 100m e 200m.

Bruços é o mais antigo dos estilos de natação pura, remontando as suas referências à pré-história. Em 1798, o bruços era o estilo mais praticado em toda a Europa.

Estilo mariposa[editar | editar código-fonte]

O estilo mariposa foi uma evolução do estilo bruços, tendo sido durante muito tempo considerado apenas uma variante, passando a estilo oficialmente reconhecido em 1952.

As provas do estilo mariposa são efectuadas nas distâncias de 50m, 100m e 200m.

Estilos[editar | editar código-fonte]

Nestas provas os nadadores têm de nadar todos os quatro estilos alternadamente, em sequência.

  • Nas provas individuais: Mariposa, Costas, Bruços e Crawl.
  • Nas provas de estafetas: Costas, Bruços, Mariposa e Crawl.

Há provas de estilos para as distâncias de 200m e 400m em piscinas de 50m, e 100m, 200m e 400m em piscinas de 25 metros.

Provas olímpicas de natação pura[editar | editar código-fonte]

Todas as provas são mistas, excepto onde indicado.

Masters[editar | editar código-fonte]

A natação pura engloba também a categoria masters, criada inicialmente para os atletas de alta competição que tinham interesse em continuar a pratica competitiva.

Natação na lusofonia[editar | editar código-fonte]

Brasil[editar | editar código-fonte]

A natação foi introduzida oficialmente no Brasil a 31 de Julho de 1897, quando os clubes Botafogo, Gragoatá, Icaraí e Flamengo fundaram no Rio a União de Regatas Fluminense que foi chamado mais tarde de Conselho Superior de Regatas e posteriormente Federação brasileira das Sociedades de Remo. Em 1898, promoveram o primeiro campeonato brasileiro de 1 500 m em estilo livre, Abrão Saliture foi o campeão. Em 1913, o campeonato brasileiro passou a ser promovido pela Federação Brasileira das Sociedades do Remo, em Botafogo. Além dos 1 500 m estilo livre, também foram disputadas as provas de 100 m para iniciados, 600 m para seniores e 200 m para juniores. Em 1914, o desporto e a competições no Brasil começaram a ser controladas pela Confederação Brasileira de Desportos [carece de fontes?].

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Notas
Bibliografia
  • Charles Sprawson. Haunts of the Black Masseur - The Swimmer as Hero. Minnesota: University of Minnesota Press, 2000. ISBN 0-8166-3539-0
  • Steve Tarpinian. The Essential Swimmer. [S.l.]: The Lyons Press, 1996. ISBN 1-55821-386-4

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Outros projetos Wikimedia também contêm material sobre este tema:
Wikcionário Definições no Wikcionário
Wikiquote Citações no Wikiquote
Commons Categoria no Commons