Tesoura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vários tipos de tesoura

Tesoura ou tesoira (do latim tonsorius, a, um, "tosquiar", ", "raspar") é um objecto utilizado para cortar materiais de pouca espessura e que não requerem grande força de corte, como por exemplo papel, cartão, tecidos, arames, cabelo ou unhas, entre outros. A tesoura é constituída por duas lâminas, articuladas numa charneira. As lâminas, que podem ou não ser muito afiadas, cortam o material em questão através da acção de forças mecânicas cisalhantes, aplicadas segundo um princípio de alavanca. Assim, serão tanto mais eficazes quanto mais próximo o objecto a cortar estiver da sua articulação.

Hoje em dia, existem muitos tipos de tesoura, especializados em várias aplicações, adaptados para o uso de canhotos ou ambidestros.

Os primeiros registos históricos de um objecto semelhante a uma tesoura surgem no Antigo Egipto, por volta de 1500 a.C., porém, o formato moderno de lâminas assimétricas foi inventado apenas durante o Império Romano, cerca do ano 100. Os romanos davam usos diversos à tesoura e tanto recorriam a ela para cortar o cabelo, como a utilizavam para tosquiar animais, podar árvores e golpear tecidos.

Porém foi a partir de 1751, com a manufatura de tesouras de aço da autoria de Robert Hinchliffe, é que este acessório se tornou realmente popular.

Wikiquote
O Wikiquote possui citações de ou sobre: Tesoura