Nickelodeon (cinema)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Uma sala nickelodeon Toronto, Ontario, Canada, cerca de 1910

Os Nickelodeons (do Inglês estadunidense: nickel = moeda de 5¢, Grego: Odeion = teatro coberto) constituíram um tipo de primitivas e pequenas salas de cinema do início do século XX. Em locais onde a concorrência fosse maior, era frequente disporem de um piano ou de um órgão, onde se tocava a música que o pianista ou organista julgasse apropriada para cada cena (por exemplo, ragtime clássico numa cena de perseguição, ou o que na altura era conhecido como música "Eliza-crossing-the-ice" durante os momentos mais assustadores).

O nome "Nickelodeon" foi inventado por Harry Davis e John P. Harris, que abriram a sua pequena sala com este nome na Smithfield Street em Pittsburgh em Junho de 1905. Ainda que não fosse a primeira sala, a nível mundial, especializada na exibição de filmes, Davis e Harris tiveram tal sucesso, que o seu conceito de sessões contínuas a cinco cêntimos rapidamente foi imitada por centenas de empresários, que copiaram também o nome original da sala.[1]

Louis B. Mayer assistiu a este explodir de salas nickelodeon. Renovou o "Gem Theater" em Haverhill, convertendo-o num nickelodeon que abriu em 1907 com o nome "Orpheum Theater", e anunciou que seria o local de exibição das imagens animadas e canções ilustradas dos Irmãos Miles.[2]

Os nickelodeons foram desaparecendo à medida que as cidades se expandiam e a indústria proporcionava a consolidação de salas de cinema maiores, mais confortáveis e mais adequadas à exibição dos filmes.

Tipos de "imagens animadas" ("moving pictures")[editar | editar código-fonte]

Os nickelodeons exibiam filmes cuja duração variava entre os quinze e os vinte minutos, com uma grande variedade de estilos e temas, tais como narrativas curtas, "scenics" (imagens de todo o mundo a partir de comboios), "actualidades" (que precederiam os documentários), apresentações de diapositivos como suporte a canções ilustradas, apresentações de canções locais ou itinerantes, comédias, melodramas, problem plays (baseados em Shakespeare), sequências stop motion, eventos desportivos (por exemplo, o campeonato de pesos pesados Corbett-Fitzsimmons de 1897 ou o combate entre Jeffries-Sharkey, de 1899) e outros espectáculos que lhes permitiam competir com as casas de vaudeville.

Os títulos de alguns dos filmes apresentados em 1907 nos nickelodeons dos Irmãos Miles (Herbert and Harry) ajudam a ilustrar esta diversidade, como os que constam de um artigo de 1907 publicado no The Saturday Evening Post[3] :

  • Catch the Kid (realizado por Alf Collins; comédia)
  • The Coroner's Mistake (conto de terror cómico)
  • The Fatal Hand (realizado por J. H. Martin; drama)
  • Johnny's Run (realizado por Frank Mottershaw; comédia)
  • Knight-Errant (realizado por J. H. Martin; drama histórico)
  • A Mother's Sin (realizado por J. H. Martin; drama)
  • The Romany's Revenge (realizado por Frank Mottershaw; drama)
  • Roof to Cellar (comédia)
  • Sailor's Return (drama)
  • Village Fire Brigade (realizado por James Williamson; comédia)
  • Wizard's World (comédia)

Veja-se ainda outros filmes, de 1907, apresentados nos nickelodeons, dos Irmãos Miles:

  • Anarchist's Mother-in-Law
  • Boss Away, Choppers Play
  • Cambridge-Oxford Race
  • Cheekiest Man on Earth
  • Female Wrestlers
  • Great Lion Hunt
  • Indian Basket Weavers
  • Campeonato Internacional de pesos pesados: Squires vs. Burns
  • Jim Jeffries on His California Ranch
  • Life and Customs in India
  • The Naval Nursery
  • The Petticoat Regiment
  • Shriners' Conclave at Los Angeles
  • Squires, Australian Champion, in His Training Quarters
  • That Awful Tooth
  • The White Slave
  • A Woman's Duel

Declínio[editar | editar código-fonte]

Um nickelodeon em 1910, com "The Heroine of Mafeking" e outros filmes em exibição.
O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Nickelodeon (cinema)

Ainda que predominassem de 1905 a 1915, os Nickelodeon passariam a entrar em declínio com o aparecimento das longas-metragens e, em particular com The Birth of a Nation, em 1915. Contudo, o público de cinema aumentou consideravelmente, e os bilhetes passaram de cinco para dez cêntimos, em salas mais espaçosas e mais adequadas para a apresentação dos novos filmes.[4]

Referências

  1. Lightner, E.W. Pittsburg Gave Birth to the Movie Theater Idea, The Dispatch, 16 de Novembro, 1919
  2. Where Is Haverhill, Massachusetts?, City of Haverhill, Massachusetts, 8 de Abril, 2006
  3. American Film Institute Catalog of Feature Films
  4. The Nickelodeon's history, in Essortment.com - acesso a 13 de Agosto de 2008