Louis B. Mayer

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Louis Burt Mayer
Louis B. Mayer em 1953
Nascimento 12 de julho de 1884
Dymer, Ucrânia
Morte 29 de outubro de 1957 (73 anos)
Los Angeles, Califórnia

Louis Burt Mayer, nascido Lazar Meir (Dymer, 12 de julho de 1884Los Angeles, 29 de outubro de 1957) foi um produtor de cinema estadunidense nascido na Ucrânia, conhecido como um dos fundadores do famoso estúdio de Hollywood Metro-Goldwyn-Mayer.

Ele é geralmente citado como o criador do "sistema estrelar"- um método usado para criar e promover estrelas de filmes no cinema clássico de Hollywood por escolher personalidades, como nomes, a eles- dentro da Metro-Goldwyn-Mayer (MGM) nos seus anos dourados. Conhecido por Louis B. Mayer e frequentemente simplesmente como "L.B.", ele acreditou em "entretenimento beneficial " e recolheu "mais estrelas do que no céu ".

Biografia[editar | editar código-fonte]

Estrela de Louis B. Mayer na Calçada da Fama do Canadá.

Mayer nasceu Lazar Mayer na Ucrânia, e cresceu em Saint John, New Brunswick no Canadá depois que seus pais fugiram da opressão da Rússia em 1886. Ele teve uma infância brutal, cresceu na pobreza e sofrimento devido ao abuso físico e emocional de seu pai, vendedor ambulante. Em 1890, ele mudou seu nome para Louis e falsificou sua data de nascimento para 04 de julho de 1885, uma data que ele considerava mais "patriótica". Ele se mudou para Boston em 1904 e trabalhou como negociante de sucata de metal, até que conseguiu comprar um teatro burlesco. Embora tenha ganho muito dinheiro, mostrando filmes, o seu empreendimento foi o início do teatro legítimo em New England. Como seu império do teatro expandido, ele havia adquirido e reformado pequenos cinemas suficiente para ser capaz de mudar seus negócios para Los Angeles e se aventurar na produção de filmes em 1918, com sua produtora própria, a Louis B. Mayer Pictures Corporation. Junto com Samuel Goldwyn e Marcus Loew da Metro Pictures, ele formou uma nova empresa chamada Metro-Goldwyn-Mayer (MGM), onde Mayer era o chefe do estúdio.

Ao longo dos próximos 25 anos, a MGM foi "a Tiffany dos estúdios", produzindo mais filmes e estrelas de cinema do que qualquer outro estúdio no mundo. Mayer foi o criador principal do mito de Hollywood, o lar de estrelas como Clark Gable, Judy Garland, Joan Crawford e Jean Harlow. Mayer se tornou um dos homens mais bem pagos nos Estados Unidos, um dos mais bem-sucedidos criadores de cavalos do país, uma força política e porta-voz de Hollywood.

Em 1948 com o surgimento da televisão e a mudança no gosto dos telespectadores a MGM perdeu espectadores consideravelmente. Com ordens de controlar os gastos, Mayer contratou um novo chefe de produção, Dore Schary, que ao contrário de Mayer, que gostava de filmes-espetáculos, Dore preferia filmes que passassem mensagens. Em 1951 havia três anos que a MGM não ganhava um prêmio Oscar, aumentando a tensão entre Mayer e o estúdio, que já não acreditava que ele pudesse virar o jogo, o demitiu do posto de chefe, sendo substituido por Schary. Mayer ainda tentou contornar a situação mas não conseguiu e se aposentou da vida pública.

Faleceu em 1957 de leucemia.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e Referências[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]