Antiga e Mística Ordem Rosae Crucis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Ordem Rosacruz, AMORC)
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes fiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde dezembro de 2011). Por favor, adicione mais referências e insira-as no texto ou no rodapé, conforme o livro de estilo. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros, acadêmico)Yahoo!Bing.

A Antiga e Mística Ordem Rosacruz (A.M.O.R.C.) é uma organização internacional de caráter místico-filosófico que tem por missão despertar o potencial

Grande Loja da Jurisdição de Língua Portuguesa - Curitiba, PR, Brasil

interior do ser humano, auxiliando-o em seu desenvolvimento, em espírito de fraternidade, respeitando a liberdade individual, dentro da Tradição e da Cultura Rosacruz.

Fundada nos EUA, em 1915, por Harvey Spencer Lewis, ela também é conhecida por seu nome em Latim, Antiquus Mysticusque Ordo Rosæ Crucis. A AMORC é possivelmente a maior fraternidade rosacruz existente, em função de sua rede de Grandes Lojas ter representações em todos os continentes do planeta (http://www.amorc.org).

O rosacrucianismo, escola do Esoterismo Ocidental, praticado pela AMORC foi restabelecido no começo do século vinte (1915), nos EUA, por Harvey Spencer Lewis, que assumiu a responsabilidade de reativar a Ordem Rosacruz na América do Norte. Sob sua orientação foi construído o Parque Rosacruz em San José, Califórnia. Seu filho e sucessor, Ralph M. Lewis, foi o responsável pelo florescimento da AMORC no mundo inteiro.

Origem Tradicional[editar | editar código-fonte]

A AMORC reconhece que suas origens tradicionais remontariam às antigas escolas de mistérios, ou "casas de vida", egípcias [1] , cujo fundador teria sido o faraó Tutmés III, da XVIII dinastia. Este faraó teria fundado uma fraternidade secreta, com o objetivo de estudar os mistérios da vida, aspectos mais profundos (esotéricos) não revelados pela religião de sua época, centrada mais em crendices (aspectos exotéricos). Seu primeiro líder - imperator - entretanto teria sido Amenófis IV, conhecido também como Aquenáton.[2] e se deu por volta de 1353 a.C. (ano que inicia o cômputo do calendário Rosacruz), momento em que o Cósmico determinou que o conhecimento viesse à tona para aqueles que buscavam a luz. A origem dos conhecimentos preconizados pela Ordem, todavia, são ainda anteriores e remontam à Tradição Primordial herdada dos Atlantes.

Os Essênios[3] foram uma das três principais escolas secretas da Palestina do primeiro século e, na perspectiva da AMORC, Jesus teria sido membro do grupo do norte,[4] que se concentrava ao redor do Monte Carmelo. Os essênios eram também conhecidos como nazarenos,[5] e Nazaré era um de seus redutos, ainda que deve-se notar que o termo era anterior ao nome do lugar. Os membros da escola vestiam-se de branco e seguiam uma dieta vegetariana, como a ordem monástica cristã dos Carmelitas, conhecidos também como Monges Brancos, devido a sua túnica branca, e é interessante notar que membros atuais dessa ordem afirmam abertamente que Jesus era essênio e foi criado no Monte Carmelo Predefinição:A Vida Mistica de Jesus, H.P. Lewis, ainda que as escrituras essênicas sejam excluídas da Bíblia promulgada geralmente pela Igreja.[6] Desta forma, os conhecimentos essênios também foram incorporados pela tradição rosacruz da AMORC.

Origem Histórica[editar | editar código-fonte]

Segundo Rebisse ( 2004) [7] , o rosacrucianismo histórico remonta ao século XVII, com o mito de Christian Rosenkreutz, fomentado por um círculo de intelectuais alemães (Círculo de Tübingen) para confrontar o fundamentalismo religioso da época. A estratégia utilizada para fomentar o debate foi a publicação anônima de três "Manifestos" que tornam pública a existência da fraternidade questionando o reducionismo próprio da época.

Origem Contemporânea[editar | editar código-fonte]

AMORC foi fundada por Harvey Spencer Lewis em 1915 após sua iniciação, em 1909, em Toulouse, na Ordre Rose-Croix, por Emille Dantine. Assim, a partir dessa iniciação, foi-lhe outorgado o direito para fundar uma Ordem Rosacruz nas Américas. As atividades tiveram início na cidade de Nova Iorque, tendo lojas em São Francisco e Tampa, no estado da Flórida. A sede da Suprema Grande loja foi deslocada em 1927 para San José, na Califórnia. A grande inovação no rosacrucianismo da AMORC foi o envio dos ensinamentos tradicionais por correspondência.

Harvey Spencer Lewis morreu em 1939, ocupando o cargo de imperator por 25 anos. Foi sucedido por seu filho, Ralph Maxwell Lewis, que ocupou a posição de 1939 a 1987, portanto por 48 anos, sendo responsável pela expansão mundial da Ordem. Seu sucessor foi Gary L. Stewart, ocupando a posição apenas por três anos. O atual Imperator é Christian Bernard, que foi eleito para o cargo de Imperator em 1990.

Atualmente a AMORC mantém uma rede mundial de Grandes Lojas distribuídas em regiões geográficas/idiomáticas e dirigidas por diretores denominados tradicionalmente como Grandes Mestres. Estas, por sua vez, mantém uma rede regional de Organismos Afiliados (Lojas, Capítulos e Pronaoi) classificados de acordo com o número de membros afiliados. Muitas Grandes Lojas mantém, também, universidades livres - Universidades Rose-Croix Internacional (URCI) para fins de colocar seus ensinamentos tradicionais em diálogo com a ciência, de forma a manter sempre atualizados seus conhecimentos.

Grande Loja da Jurisdição de Língua Portuguesa[editar | editar código-fonte]

A sede para os países de Língua Portuguesa é a Grande Loja da Jurisdição de Língua Portuguesa (também chamada de GLP), localizada no bairro de Bacacheri, em Curitiba - Paraná - Brasil[8] .

Líderes Mundiais (Imperatores)[editar | editar código-fonte]

Ensinamentos[editar | editar código-fonte]

Os ensinamento da AMORC são veiculados por meio de monografias, que são remetidas regularmente a seus membros via correio e/ou internet. Os assuntos abordados são: Matéria e Energia; A Natureza Ilusória de Tempo e Espaço; Consciência Humana e Consciência Cósmica; Técnica Rosacruz de Meditação; Desenvolvimento da Intuição; Aura Humana; Cura Metafísica; Sons Místicos; Telepatia; Telecinesia; Vibroturgia; Radiestesia; Alquimia Espiritual; O Poder Criativo da Visualização; Projeção Psíquica; Despertando a Consciência Psíquica; Reencarnação e Carma; Intuição, Inspiração e Iluminação; Influência Física, Psíquica e Espiritual do Subconsciente; Encarnação da Alma; Transição da Alma; Cura Pessoal e Cura à Distância; O Corpo Psíquico e os Centros Psíquicos; Percepção Psíquica e Consciência Psíquica; Projeção Psíquica; Natureza e Simbolismo dos Sonhos; Auras Físicas, Psíquicas e Espirituais; Poder Místico dos Sons Vocálicos e Mantras; Alma Universal e Alma Humana; Reencarnação da Alma; Regeneração Mística; Harmonização com a Consciência Cósmica entre outros.

As monografias são cedidas por empréstimo aos membros e deverão ser devolvidas à AMORC quando se encerrar o período de afiliação, seja pela transição (falecimento do membro) ou pela desistência. Qualquer outro uso ou tentativa de uso, ipso facto, viola o acordo de afiliação do Membro com a Ordem, e constitui violação aos Estatutos da Ordem. Portanto, os ensinamentos (monografias) não podem ser vendidos ou comprados por quem quer que seja. A venda ou a compra pode tornar o comprador ou o vendedor sujeito a penalidade civil.

Literatura[editar | editar código-fonte]

A Ordem Rosacruz, AMORC edita e vende dezenas de obras relacionadas ao contéudo de seus ensinamentos , além de editar trimestralmente a Revista "O Rosacruz". Tais livros podem ser acessados na Loja on-line da AMORC no Brasil

Relação Mundial de Grandes Lojas[editar | editar código-fonte]

As Grandes Lojas da Ordem Rosacruz, AMORC, estão divididas em jurisdições para os idiomas do mundo:[9]

  • Grande Loja da Língua Alemã
  • Grande Loja da Língua Dinamarquesa
  • Grande Loja da Língua Eslovaca
  • Grande Loja da Língua Espanhola (América)
  • Grande Loja da Língua Espanhola (Europa, África e Astralásia)
  • Grande Loja da Língua Finlandesa
  • Grande Loja da Língua Francesa
  • Grande Loja da Língua Holandesa
  • Grande Loja da Língua Húngara
  • Grande Loja da Língua Inglesa (América do Norte e Sul)
  • Grande Loja da Língua Inglesa (Austrália, Nova Zelândia e Ásia)
  • Grande Loja da Língua Inglesa (Europa e África)
  • Grande Loja da Língua Italiana
  • Grande Loja da Língua Japonesa
  • Grande Loja da Língua Nórdica
  • Grande Loja da Língua Polonesa
  • Grande Loja da Língua Portuguesa - GLP
  • Grande Loja da Língua Russa
  • Grande Loja da Língua Sueca
  • Grande Loja da Língua Tcheca

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. [CLYMER, R. Swinburne. The Secret Schools, Members of the Confederation of Initiates. Quakertown, Pa: The Fraternitatis Rosæ Cruces, 1930]
  2. Os estudos sobre Aquenáton e período amarniano
  3. [Os Partidos Religiosos Hebraicos da Época Neotestamentária, de Kurt Schubert. Paulinas. SP. 1979]
  4. [LEWIS, Harvey Spencer. The Mystical Life of Jesus. San Jose: Rosicrucian Press, 1929]
  5. [LEWIS, Harvey Spencer. The Secret Doctrines of Jesus. San Jose: Supreme Grand Lodge of AMORC, 1937]
  6. Os Manuscritos do Mar Morto
  7. REBISSE, Christian - Rosa Cruz: História e Mistérios. Curitiba:AMORC, 2004.
  8. O teatro da Amorc em Curitiba Paraná-Online - acessado em 12 de dezembro de 2010
  9. Relação de Grandes Lojas

Ligações externas[editar | editar código-fonte]