Ordem do Mérito Militar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

BR118a.jpg

Ordem do mérito militar.png
Barreta

Ordem do Mérito Militar é uma condecoração criada para galardoar militares, civis e instituições, nacionais ou estrangeiros, que tenham prestado serviços relevantes à nação brasileira, especialmente às forças armadas terrestres. Seu desenho faz referência à antiga Imperial Ordem de São Bento de Avis, também destinada a militares.

Foi criada durante o governo do Presidente Getúlio Vargas, por meio do Decreto-Lei n.° 24660, de 11 de junho de 1934, e cujo regulamento fora posteriormento aprovado por meio do Decreto n.° 48461, de 5 de julho de 1960. Posteriormente, sucessivos decretos alteraram suas disposições, até o atual, emitido em 2000.

O presidente da República é seu grão-mestre, e cuja grã-cruz e colar é sempre transmitida ao sucessor.

Entre os grã-cruzes, estão os membros do Conselho da Ordem: ministros da Defesa, das Relações Exteriores e o comandante do Exército.

Características[editar | editar código-fonte]

Insígnia[editar | editar código-fonte]

Grã-cruz
  • Anverso: composta de cruz florada branca. Ao centro, medalhão redondo verde com duas efígies, uma delas a República, a outra um militar, circundadas pela legenda Mérito Militar. Todo o conjunto ladeado de ouro.

Fita e banda[editar | editar código-fonte]

Verde, guardada de branco, com duas listras brancas.

Graus[editar | editar código-fonte]

  • Grã-cruz (10)
  • Grande oficial (25)
  • Comendador (90)
  • Oficial (250)
  • Cavaleiro (495)

Medlaha omm.jpg

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

  • POLIANO, Luís Marques. Heráldica. Ed. GRD. Rio de Janeiro, 1986.
  • POLIANO, Luís Marques. Ordens honoríficas do Brasil.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]