Passo do Spluga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Passo de Spluga)
Ir para: navegação, pesquisa
Passo do Spluga
Altitude 2 113
Localização Fronteira Itália-Suíça
Coordenadas 46° 30' 21.6" N 9° 20' 13.2" E
Passo do Spluga está localizado em: Alpes
Passo do Spluga

O passo do Spluga (em alemão: Splügenpass; em italiano: Passo dello Spluga; em romanche: Pass dal Spleia; latim: Cunus Aureus[1] ) é um passo de montanha situado a (2 113 metros de altitude na fronteira entre a Itália e a Suíça, entre os Alpes Lepontinos e os Alpes Réticos.

Liga o vale do rio Hinterrhein e Splügen (em italiano Spluga) no cantão dos Grisões, Suíça, ao vale do Spluga e Chiavenna na província de Sondrio em Itália, continuando a estrada para o lago de Como. É uma divisória de águas entre as bacias do rio Reno e do rio Pó, e assim faz parte da grande divisória continental da Europa.

Desde a construção do túnel de San Bernardino, o passo perdeu a sua importância nas viagens na região, de tal modo que fecha no inverno.

O equivalente italiano da aldeia suíça de Splügen é Montespluga, fração de Chiavenna, na vertente italiana do passo. Montespluga é uma pequena aldeia com três ruas que fica isolada do resto da Itália, e também da Suíça, durante o inverno.

Hoje é um passo tranquilo no qual caminhos históricos sobrevivem e permitem caminhadas pela chamada Via Spluga.[2]

Em 1840, a escritora Mary Shelley passou no local a caminho do Lago de Como, com o seu filho. Descreveu o passo na sua narrativa de viagens Rambles in Germany and Italy, publicado em 1844[3]

Este acidente montanhoso faz parte da linha de separação das águas do Mar Adriático e do Mar do Norte.

Vertente norte da portela com vista sobre o Teurihorn

Referências

  1. Roma Victrix
  2. Hiking Switzerland Graubünden Via Spluga
  3. Shelley, Mary. Travel Writing. London: Pickering, 1996. 105 p. ISBN 1852960848

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Passo do Spluga