Perversão (filme)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Perversão
Estupro!
 Brasil
1979 • cor • 87 min 
Direção José Mojica Marins
Produção José Mojica Marins
Roteiro José Mojica Marins
Elenco José Mojica Marins
Arlete Moreira
Gênero Exploitation
Drama
Idioma Português
Música Oscar Marcil
Cinematografia Giorgio Attili
Edição Nilcemar Leyart
Lançamento 22 de janeiro de 1979 (São Paulo)
Site oficial
Página no IMDb (em inglês)

Perversão (Estupro!) é um filme brasileiro de drama de 1979, produzido e dirigido por José Mojica Marins. Marins é também conhecido pelo seu alter ego Zé do Caixão.[1] [2]

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Vitório Palestrina é um playboy milionário que passa seus dias dormindo, abusando e descartando as mulheres locais em uma pequena aldeia. Depois de seduzir uma jovem mulher, Silvia, ele estupra ela brutalmente, mordendo uma de suas mamilas. Ele colocou o bico em uma caixa de vidro como se fosse um troféu. Quando suas ações se tornam do conhecimento público, ele é realmente admirado por aquilo que ele fez, enquanto sua vítima é banida e atormentada pelas pessoas da cidade.


Elenco[editar | editar código-fonte]

  • José Mojica Marins as Vittorio Palestrina
  • Arlete Moreira as Veronica
  • Ricardo Petráglia
  • Nadia Destro
  • Elza Leonetti
  • Diva Medrek
  • Jaime Cortez
  • Mara Prado

Referências

  1. Estupro (em inglês) IMDb. Página visitada em 11-julho-2011.
  2. Perversão-Estupro UOL. Página visitada em 11-julho-2011.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um filme brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.