Pietro Bracci

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Pietro Bracci (Roma, 1700Roma, 1773) foi um escultor italiano.[1]

Bracci produziu um grande número de obras e dominou o panorama da escultura romana no terceiro quartel do século XVIII.

Obras[editar | editar código-fonte]

Filho da arte e aluno de Giuseppe Bartolomeo Chiari e Camillo Rusconi, Bracci produziu diversas esculturas, sendo a mais notável delas estátua de Nettuno para a celebrada Fontana di Trevi[1] .

Artista de estilo agradável, solene e virtuoso, era dono de uma técnica apurada, embora não propriamente inovadora.

Foi um típico representante do grupo de escultores da escola romana do século XVIII, que continuou o linha barroca deixada por Gian Lorenzo Bernini[2] e pelo dinamismo eclético da composição gerada da escola pictórica de Carlo Maratta.

Entre suas obras destacam-se:

Galeria de fotos[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d La Scultura Italiana. Pietro Bracci. Acesso em 19 de maio de 2010
  2. Cosmeo - Discovery Channel. Bernini, Gian Lorenzo. Acesso em 19 de maio de 2010
  3. Vale, Teresa Leonor M. A obra de três escultores maiores do settecento em Mafra: Bracci, Maini e Della Valle. Faculdade de Letras da Universidade do Porto, acesso em 19 de maio de 2010
  4. Murphy, Bruce; Rosa, Alessandra de. Romme of Dummies. Indianopolis: Wiley Publishing, 2ª ed., p.247
  5. Duomi di Napoli. Abside. Acesso em 19 de maio de 2010