Porfiroide

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde Agosto de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Textura porfírica de um granito; os fenocristais de feldspato são maiores que os cristais da matriz. Sierra Nevada, Rock Creek Canyon, Califórnia.

Uma rocha diz-se porfiroide se tem a aparência do pórfiro, embora nem todas as rochas porfiroides sejam pórfiros. A textura porfírica, própria das rochas ditas porfiroides, pode ser encontrada em rochas ígneas e consiste na existência de cristais de grandes dimensões e de forma bem definida (denominados fenocristais) no seio de uma matriz com textura vítrea, afanítica ou fanerítica.

A presença desta textura numa rocha significa que a mesma sofreu duas fases de cristalização distintas: uma primeira, mais lenta e a profundidade maior, em que cristalizaram os fenocristais, e uma segunda, mais rápida e a menor profundidade (ou mesmo à superfície) em que se deu a cristalização da matriz.