Raimundo de Aguilers

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Raimundo de Aguilers
Raymond d'Aguilers
Nacionalidade Blason pays fr FranceAncienne.png Franco
Ocupação Cronista, historiador
Magnum opus Historia Francorum qui ceperunt Iherusalem

Raimundo de Aguilers (ou Raimundus de Aguilers, de Agiles, Raymond d'Aguilers em francês) foi um cronista da Primeira Cruzada que acompanhou o exército provençal do conde Raimundo IV de Toulouse como capelão.

Da sua vida apenas se sabe que foi educado como escrivão num mosteiro de Vézelay, e dos seus passos na sua crónica Historia Francorum qui ceperunt Iherusalem (História dos Francos que Contemplaram Jerusalém). Como participante dos eventos da expedição, é um dos mais importantes cronistas da Primeira Cruzada. Mas a sua descrição centra-se em algumas visões e milagres que os cruzados afirmaram testemunhar - por exemplo, a descoberta da Santa Lança de Antioquia por Pedro Bartolomeu. Deste modo, em geral o seu trabalho não é considerado uma história fidedigna, mas a sua descrição da conquista de Antioquia em 1097-1098 pode conter a única explicação real dos acontecimentos.

A Historia Francorum qui ceperunt Iherusalem foi traduzida para o francês no início do século XIX pelo académico François Guizot, na sua obra Memoires sur l'histoire de France (1824), XXI, 227-397. O texto original em latim foi publicado pela primeira vez por Jacques Bongars em Gesta Dei per Francos, I, 139-183, e novamente em Recueil des historiens occidentaux des croisades (1866), 235-309.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]