Refúgio des Cosmiques

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Refúgio des Cosmiques
Altitude 3613
País  França
Cordilheira Maciço do Monte Branco
Localização Blason74.PNG Alta Saboia
Coordenadas 45° 52' 23" N 6° 53' 08" E
Refúgio des Cosmiques está localizado em: França
Refúgio des Cosmiques

O refúgio des Cosmiques (em francês significa "Refúgio dos Cósmicos") é um dos quatro refúgios de montanha dos percursos das Aiguilles de Chamonix, no maciço do Monte Branco, em França. Os outros três são os o Refúgio de l'Envers des Aiguilles, o Refúgio du Requin e o Refúgio du Plan de l'Aiguille.

História[editar | editar código-fonte]

Este refúgio foi criado a pedido do físico francês Louis Leprince-Ringuet, nos anos 1930, a fim de dispor de um laboratório de altitude para estudar os raios cósmicos, e até 1990 foi gerido pelo Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), antes de passar ao Clube alpino francês, mas o nome persistiu.

A 23 de julho de 2012 dois dos astronautas que em 11 de maio de 2011 tinham posto em órbita o Espectômetro Magnético Alpha (AMS) a partir da nave espacial Endeavour, de visita ao CERN - onde se encontra o centro de controlo da experiência -, subiram a este refúgio tendo no local colocado uma placa comemorativa dos 100 anos dos estudo dos raios cósmicos [1]

O refúgio é propriedade do Clube alpino francês.

Características[editar | editar código-fonte]

  • Altitude: 3613 m
  • Capacidade: 120 pessoas

Só a 30 min do Teleférico de l'Aiguille du Midi, é só preciso descer a cresta da agulha e seguir a face sul.

No total, o refúgio pode ser utilizado para 19 percursos de esqui e snowboard, 38 de alpinismo na neve, gelo ou um misto dos dois e 21 de escalada rochosa.

Referências

  1. (Setembro 2012) "AMS experiment marks one year in space". CERN Courrier.