Repórter Cidadão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Repórter Cidadão
Informação geral
Formato Telejornal
Duração 75 minutos
País de origem  Brasil
Idioma original Português
Produção
Diretor(es) José Emílio Ambrósio
Apresentador(es) José Luiz Datena
Marcelo Rezende
Nei Gonçalves Dias
Vanilton Alves Pereira
Gil Gomes
Renato Lombardi
Marcelo Bittencourt (aos sábados)
Edie Polo (aos sábados)
Elenco Comandante Hamilton
Guilherme Bentana
Geraldo Luís
João Galbaldi
Tony Castro
Thiago Gardinali
Sandro Zeppi
Marcelo Moreira
Tema de abertura instrumental
Exibição
Emissora de
televisão original
Brasil RedeTV!
Transmissão original 20022005

Repórter Cidadão foi um telejornal policial exibido pela RedeTV!. Estreou no dia 6 de maio de 2002, com apresentação de José Luiz Datena e com título de Datena Repórter Cidadão.

História[editar | editar código-fonte]

A idéia inicial da RedeTV! era lançar um telejornal batizado de Repórter Cidadão, que teria apresentação de Jorge Kajuru e Marcelo Rezende (recém-contratado)[1] . Mas a mudança repentina de José Luiz Datena da Rede Record para a RedeTV![2] , causou mudança no projeto, que além de ser apresentado pelo José Luiz Datena, passou a se chamar Datena Repórter Cidadão. Na Rede Record, Datena foi substituito por Nei Gonçalves Dias.

No dia 24 de junho de 2002, José Luiz Datena abandona a RedeTV! e volta para a Rede Record. Em seu retorno a antiga emissora, é recepcionado por Nei Gonçalves Dias, com cerimônia na frente das câmeras. Marcelo Rezende assume definitivamente o Datena Repórter Cidadão que teve seu título reduzido para Repórter Cidadão.[3]

Em fevereiro de 2004, Marcelo Rezende deixa a RedeTV! e vai para a Rede Record comandar o Cidade Alerta, que naquela altura, já não tinha mais José Luiz Datena, que foi contratado pela Rede Bandeirantes para apresentar o Brasil Urgente, em fevereiro de 2004 Gil Gomes substitui Marcelo Rezende no Repórter Cidadão, até que a RedeTV! contrata Renato Lombardi.[4] No dia 13 de setembro de 2004, Nei Gonçalves Dias assume o "Repórter Cidadão", depois de uma breve passagem do Vanilton Alves Pereira, o Jacaré pelo telejornal.[5]

Em agosto de 2005, a RedeTV! decide tirar do ar o Repórter Cidadão, que é substituido pelo programa Vídeo Adrenalina. Nei Gonçalves Dias assume o Notícias do Brasil por um período, até se desligar da emissora.

Caso Belo[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de junho de 2002, o então na época Datena Repórter Cidadão de José Luiz Datena e Cidade Alerta de Ney Gonçalves Dias se envolvem em uma confusão envolvendo o caso do cantor Belo, que era procurado pela polícia sob suspeita de envolvimento com o narcotráfico.

Nei Gonçalves Dias disse em seu Cidade Alerta, que recebeu uma ligação do empresário do cantor, o Hamilton Pereira, dizendo que Belo estaria se entregando em um distrito policial em São Paulo.[6] Na mesma hora, o José Luiz Datena em seu telejornal na RedeTV!, recebeu um telefonema desmentindo a história veiculada pela outra emissora.[7]

No domingo dia 6 de junho de 2002, a RedeTV! levou ao ar duas edições extras do Datena Repórter Cidadão, uma das 13h53 às 15h48 e outra edição das 16h50 às 17h45, exibindo uma gravação de uma conversa entre Belo e seu ex-advogado Silvio Guerra, que propunha o pagamento de propina a dois integrantes da polícia. Datena entrevistou os policiais envolvidos e o advogado Silvio Guerra, que confessa a Datena que as acusações contra os policiais era para pressionar Belo para que este lhe pagasse os honorários.

Referências

  1. RedeTV! prepara novo jornalístico O Estado de São Paulo. (Abril, 2002).
  2. Datena troca Record por RedeTV! Portal Terra. (Maio, 2002).
  3. Datena cria banco de reservas na TV O Estado de São Paulo. (Junho, 2002).
  4. Renato Lombardi assume o Repórter Cidadão O Estado de São Paulo. (Maio, 2004).
  5. Nei Gonçalves Dias assume o Repórter Cidadão Área Vip. (Setembro, 2004).
  6. Guarda Belo e a chicana pelo ibope Observatório da Imprensa. (Junho, 2002).
  7. Belo vira briga entre Record e RedeTV! Observatório da Imprensa. (Junho, 2002).