Robert Casadesus

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Robert Casadesus (7 de abril de 1899 - 19 de setembro de 1972) foi um pianista e compositor francês.

Nasceu em Paris e estudou no Conservatório de Paris com Louis Diémer, vencendo o premier prix em 1913 e o Prix Diémer em 1920. A partir de 1922 colaborou com Maurice Ravel num projeto para compilar listas de várias obras para piano enquanto partilhava cenários com o compositor em França, Espanha e Inglaterra.

Como solista fez muitas digressões e apareceu nos cinco continentes, tocando frequentemente com a sua mulher, a pianista Gaby Casadesus, com quem casou em 1921. Entre os seus alunos estiveram Claude Helffer e Monique Haas. A partir de 1935 ensinou no American Conservatory em Fontainebleau e passou os anos da Segunda Guerra Mundial nos Estados Unidos da América.

O seu estilo de tocar era clássico e contido. É especialmente conhecido por ter sido um dos melhores intérpretes de Mozart de todos os tempos. Entre as suas outras gravações elogiadas encontram-se as de música de Ravel, e as Sonatas para violino e piano de Beethoven com Zino Francescatti (das quais foi filmada a Sonata Kreutzer).

Casadesus tocou com Gaby e o filho Jean interpretações exemplares dos concertos para 2 e 3 pianos de Mozart. Gravaram estas obras com a Orquestra Sinfónica de Colúmbia e a Orquestra de Cleveland dirigidas por George Szell, bem como com a Orquestra de Filadélfia dirigida por Eugene Ormandy.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]