Rorschach (Watchmen)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Rorschach
Placeholder male superhero c.png

Dados da publicação
Publicado por DC Comics
Primeira aparição Watchmen n° 1, setembro de 1986
Criado por Alan Moore e Dave Gibbons
Características do personagem
Alter ego Walter Kovacs
Afiliações Combatentes do Crime
Ocupação Vigilante (ilegal desde a lei keene)
Parceria Coruja II
Parentesco Sylvia Kovacs - mãe
Inimigos submundo em geral
Situação presente Falecido
Causa Assassinado pelo Dr. Manhattan
Habilidades Lutador cruel e perito investigador. Força atlética.
Projecto Banda desenhada  · Portal da Banda desenhada

Rorschach é um super-herói / anti-herói fictício apresentado na aclamada série Watchmen, publicada pela DC Comics em 1986.

Rorschach foi criado por Alan Moore e Dave Gibbons. Assim como alguns personagens da série, é inspirado em personagens da Charlton Comics, neste caso o Questão e Mr. A,[1] criados por Steve Ditko. Segundo Moore, o nome do alter-ego do personagem, Walter Kovacs, teria derivado do costume de Ditko de criar nomes que começam com a letra K a seus personagens.[2]

A máscara exibe uma mancha de tinta que está em constante movimento que se baseia nos desenhos ambíguos utilizados no Teste de Rorschach.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Antes de Watchmen[editar | editar código-fonte]

Walter Joseph Kovacs era filho de Sylvia Kovacs, uma prostituta, e de um homem conhecido pelo apelido de "Charlie". Sua mãe era abusiva e não cuidava dele. Com 10 anos de idade, ele briga com alguns provocadores, durante a qual parcialmente cego de raiva, queima um deles com um cigarro aceso e depois arranca a orelha fora de um outro. Logo depois, o Serviço para Crianças investiga sua vida em sua casa, e o coloca em um orfanato, onde ele demonstra talento para a educação religiosa e linguística.

Depois de terminar a escola, Kovacs consegue emprego como um arrumador de vestuários em uma loja de vestidos, onde ele adquire um tecido que mais tarde usaria como o vigilante Rorschach. O tecido, um material novo, criado pelo Dr. Manhattan, continha líquidos sensíveis ao calor entre as camadas de látex, criando assim uma coloração preto-e-branco que mudava de forma constantemente. Kovacs recuperou o material de um vestido que havia sido rejeitado por uma jovem com um nome italiano; Kitty Genovese. Dois anos depois, Kitty Genovese foi assassinada e estuprada, e quando Kovacs percebeu a apatia de seus vizinhos, ele sentiu nojo não só do crime, mas do egoísmo inerente a todas as pessoas. Inspirado pelo destino de Genovese (ele disse mais tarde ao seu psiquiatra na prisão que uma mulher o mandou se vestir, Kitty Genovese. Tinha certeza de que esse era o nome da mulher), ele fez uma máscara do tecido do vestido e começou a combater o crime como o vigilante Rorschach. Inicialmente, Kovacs deixava os criminosos vivos, para que fossem presos pela polícia.

Em 1975, ele investigou o seqüestro de uma jovem chamada Blair Roche, depois de prometer aos pais dela que iria devolvê-la viva. Ele foi investigando até chegar ao nome de uma loja de costura abandonada, onde encontra a roupa de uma menina no fogão e dois cães roendo um osso humano. Acreditando que seu ocupante, um homem chamado Gerald Grice, matou Roche, Kovacs mata os cães e aguarda a sua chegada. Quando Grice volta, Kovacs algema-o ao fogão e derrama querosene em torno dele. Ele então coloca na mão de Grice uma serra, implicando que ele terá que cortar a própria mão para escapar, antes das que as chamas consumam o edifício.

Kovacs torna-se conhecido em sua região por ficar nas ruas portando uma placa com a inscrição "The End Is Nigh" ("O fim está próximo"). Ele é visto, neste aspecto, em vários pontos ao longo da história antes de sua revelação, muitas vezes com uma alusão à sua identidade atual.

Eventos de Watchmen[editar | editar código-fonte]

Rorschach é o único vigilante que continua ativo após a aprovação da Lei Keene, que tornou ilegal a atuação de super-heróis, vigilantes mascarados e justiceiros (com exceção do Comediante e do Dr. Manhattan, agora contratados pelo governo dos Estados Unidos). Rorschach investiga o assassinato de um homem chamado Edward Blake, descobrindo que ele é o Comediante, um dos dois únicos heróis patrocinados pelo governo. Ele acredita que alguém está escolhendo super-heróis fantasiados "aposentados", tendo em vista que sua teoria se fortalece quando Doutor Manhattan é forçado ao exílio e quando Adrian Veidt, o Ozymandias, um ex-vigilante, é alvo de uma tentativa de assassinato.

Habilidades e equipamentos[editar | editar código-fonte]

Como a maioria dos personagens de Watchmen, Rorschach não possui super poderes, movido apenas por sua sede de justiça e suas habilidades técnicas. Rorschach usa qualquer e todo o tipo de armas que estão disponíveis no momento, tais como a pimenta, equipamento oficial da polícia, bem como a utilização de um spray de cabelo em combinação com um fósforo para atear fogo a outros policiais durante um confronto na casa de Moloch. Durante a série ele usa gordura de cozinha, uma sanita, um cigarro, um garfo e sua jaqueta como armas. Ele possui uma arma que atira um arpão numa roldana de corda bem resistente, que ele usa para escalar edifícios (utilizando-o inclusive como uma arma improvisada contra um policial).

Rorschach é bem versado em combates, lutas de rua, ginástica e boxe. No decorrer da série, ele mostra a capacidade de vencer vários assaltantes armados com pouca dificuldade. Rorschach também é relativamente indiferente à dor e ao desconforto físico, mostrado quando ele percorre a Antártida usando apenas cachecol e sobretudo. Devido a seu tempo nos centros de detenção juvenil e em orfanatos, é visto como uma pessoa tão versada em crimes da rua quanto qualquer criminoso. Rorschach também demonstra a capacidade de entrar em uma grande variedade de edifícios fechados e casas, sugerindo a perícia de um mestre dos ladrões. Ele também mostra ser extremamente forte.

Apesar de sua instabilidade mental, Rorschach foi descrito como "taticamente brilhante e imprevisível" por Coruja II, e possui habilidades de detetive surpreendentemente boas. Durante sua infância ele foi descrito como brilhante, e se destacou em linguística e educação religiosa.

Notas e referências